O País – A verdade como notícia

Edmilson Dove na órbita do Mamelodi Sundowns

“Gigante” sul-africano Mamelodi Sundowns quer desviar o internacional moçambicano, Edmilson Gabriel Dove,  de Cape Town para Pretória. Os próximos dias serão decisivos para o futuro esquerdino.
A janela de transferências no futebol sul-africano está à espreita: Julho e Agosto, embora a evolução da pandemia da COVID-19 possa alterar este período.  E, porque, regra-geral, a véspera é caracterizada por “seduções” e propostas em cima da mesa, os “grandes”  sul-africanos começam a posicionar-se para garantir reforços  de peso para a próxima temporada.

E, nesta corrida, há um moçambicano que é colocado  na órbita do Mamelodi Sundowns, campeão em título na África do Sul, e vencedor da Liga dos Campeões Africanos de 2006: Edmilson Gabriel Dove.

O esquerdino do Cape Town City, escreve a publicação  “Soccer Laduma”,  é seguido há já algum tempo pelos “brasileiros”- alcunha do Mamelodi Sundowns- que irão avançar com uma proposta para desviar Dove de Cape Tonw para Pretória.

Mas este negócio, ainda de acordo com a “Soccer Laduma”, não se afigura nada fácil porquanto o seu clube “informou em Fevereiro deste ano que o Mamelodi pode ter um grande  problema nas mãos se quiser contratar o jogador, pois também está a crescer o interesse no seu passe por parte de clubes de Portugal”.

Esta temporada, Edmilson Dove já fez 23 jogos- totalizando 690 minutos- e marcou três golos na Premier Soccer League. O internacional moçambicano fez ainda um jogo na MTN8, Telkom Knockout e Nedbank Cup.

No entanto, numa entrevista  ao  “Soccer Laduma”, o  jogador de 25 anos foi questionado se gostaria ou não de seguir o caminho dos ex-colegas de equipa Aubrey Ngoma, Lyle Lakay e Lebogang Manyama, que assinaram contratos com grandes clubes:  Sundowns e Kaizer Chiefs.

Dove respondeu nos seguintes termos: “Em primeiro lugar, estou feliz pelos colegas porque deram esse passo em suas carreiras. No entanto, não me vou colocar sob pressão para dizer que também quero me mudar só porque eles se mudaram. Se a mudança acontecer, eu irei decidir o que fazer. Estou a  jogar numa equipa  muito boa e que me trata bem. Por isso, não estou a pensar em mudar, a menos que haja algo que aconteça e eu decida investigar”, disse o internacional moçambicano, citado pelo “Soccer Laduma”.

 

PERCURSO NO FUTEBOL SUL-AFRICANO

Dove transferiu-se, a meio da temporada passada, do Ferroviário de Maputo para o Cape Town City, num contrato válido por duas temporadas. A ida ao futebol sul-africano concretizou-se depois do jogador dos Mambas haver falhado o salto para o Sporting Clube de Portugal.

Na Premier Soccer League, a PSL, principal liga sul-africana, Edmilson Dove realizou seis jogos, antes de sofrer uma lesão que o deixou fora dos campos por cerca de dois meses. No seu regresso, efectuou as últimas três partidas da sua equipa, ajudando o Cape Town City a terminar o campeonato na terceira posição.

Ao serviço do clube sul-africano, Edmilson estreou-se na vitória da sua equipa (por 0-3) diante do Baroka, no dia 26 de Fevereiro, vindo a jogar no fim-de-semana seguinte, também na vitória diante do Mamelodi Sundowns, por uma bola sem resposta. Nesta partida, Edmilson viu uma cartolina amarela, sendo admoestado novamente na vitória (3-2) diante do Kaizer Chiefs.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos