O País – A verdade como notícia

Edmilson Dove faz balanço positivo da época no Cape Town City

Edmilson Gabriel Dove saiu no início desta época do Ferroviário de Maputo para o Cape Town City da África do Sul, onde encontrou o campeonato a meio, para reforçar a equipa no que restava da época, assinando um contrato de duas épocas e meia. Este foi o prémio depois de ter falhado o ingresso no futebol português, pela porta do Sporting Clube de Portugal.

Na Premier Soccer League, a PSL, principal liga sul-africana, Edmilson Dove realizou seis jogos, antes de sofrer uma lesão que o deixou fora dos campos por cerca de dois meses. No seu regresso, efectuou as últimas três partidas da sua equipa, ajudando o Cape Town City a terminar o campeonato na terceira posição. Ao serviço do clube sul-africano, Edmilson estreou-se na vitória da sua equipa (por 0-3) diante do Baroka, no dia 26 de Fevereiro, vindo a jogar no fim-de-semana seguinte, também na vitória diante do Mamelodi Sundowns, por uma bola sem resposta. Nesta partida, Edmilson viu uma cartolina amarela, sendo admoestado novamente na vitória (3-2) diante do Kaizer Chiefs.

Foram duas vitórias que deram alento à equipa do Cape Town City, que assim pode subir na tabela classificativa, passando a lutar não só pelos lugares das Afrotaças, mas também pelo título. Mau grado foram as derrotas diante do SuperSport United (4-2) e Maritzburg United (1-0), que acabaram por deixar a equipa na terceira posição.

A vitória frente ao Golden Arrows, na penúltima posição, garantiu o terceiro lugar da equipa, que passou a somar 55 pontos, ainda disputando a segunda posição, já que o Bidvest Wits, do moçambicano Domingues, estava embalado para o título. Na última jornada, mesmo com derrota na casa do Polokwane City (4-2), a equipa de Edmilson conseguiu garantir a terceira posição, que dá acesso a Taça CAF, também conhecida como Taça Nelson Mandela, para a próxima temporada futebolística.

Balanço positivo

Na hora de resumir o seu desempenho nesta primeira época no futebol sul-africano, Dove faz um balanço positivo da época. “Posso dizer que o balanço é positivo, pois consegui chegar e singrar. Foi difícil no início, pois quando cheguei tive dificuldades, mas depois consegui integrar-me. Fiz os primeiros seis jogos e depois tive lesão. Parei um mês e meio, mas porque o treinador confiou em mim, quando regressei, voltei aos relvados. Daí que posso afirmar que o balanço é positivo”, disse o defesa internacional moçambicano.

Relativamente à prestação da sua equipa, o Cape Town City, Edmilson mostra-se satisfeito por estar integrado e assume que foi uma época bastante positiva. Para chegar a este balanço, Dove olha para o facto de ser “uma equipa nova” e que conta com “jogadores que querem se mostrar no mundo do futebol”, para além de ter sido refeita recentemente. Com estes argumentos, terminar a prova em terceiro lugar, é mesmo obra: “apesar de não termos atingido aquele que em algum momento foi nosso objectivo, mas foi bom termos lutado até ao fim”, sentencia.

Ferroviário da Beira tem muitas chances nas Afrotaças

Edmilson considera ser possível o Ferroviário da Beira fazer uma boa campanha na Liga dos Campeões, pois é o campeão nacional e tem bons jogadores. Diz que é preciso todos os moçambicanos apoiarem esta equipa, porque representa a todos nós, e que no jogo de sábado, diante do El Merreickh do Sudão, é possível terminar com uma vitória. E diz que para tal é preciso que a equipa esteja mais concentrada.

­

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos