O País – A verdade como notícia

EDM precisa de 167 milhões de dólares para finalizar electrificação rural no país

Apenas 281 dos 416 postos administrativos existentes em Moçambique estão electrificados. Para finalizar a electrificação nos restantes postos, a empresa Eletricidade de Moçambique vai precisar de 167 milhões de dólares americanos.

Segundo o Administrador para área de electrificação naquela empresa, Joaquim O-Chimo, a electrificação será feita por meio de soluções dentro e fora da rede nacional. 94 Postos administrativos serão ligados pela rede nacional e os restantes 41 por meio de sistemas fotovoltaicos, através do Fundo Nacional de Energia-FUNAE.

Na primeira fase do processo de electrificação, serão incluídos 25 Postos Administrativos, dos quais cinco terão início ainda este ano.

Joaquim O-Chimo revelou ainda que até finais deste ano serão conhecidas as empresas que vão construir a linha de 400 megawatts que liga Temane, na província de Inhambane, a Maputo.

“Neste momento, estamos no processo de selecção das empresas, porque, como sabem, envolve duas componentes: uma da linha e outra das subestações”, acrescentou O-Chim, que disse esperar que o processo seja concluído ainda este ano, de modo que no primeiro trimestre do próximo ano as obras continuem.

A subestação de Temane, na província de Inhambane, vai fornecer energia eléctrica a toda zona Sul do país, gerada a partir do gás natural.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos