O País – A verdade como notícia

Edil destaca melhorias nas vias de acesso na celebração dos 77 anos de Quelimane

A autarquia de Quelimane celebrou, hoje, 77 anos de elevação à categoria de cidade. O edil Manuel de Araújo disse que, nos últimos sete anos da sua gestão, elevou a imagem da urbe, tendo esta deixado de ser uma cidade de que se fala, para uma cidade com a qual se fala, por conta de melhorias em diferentes sectores
 
Referindo-se a poças de água em algumas estradas, nos dias de chuva, Manuel de Araújo disse que Quelimane deixou de ter as “piscinas municipais no centro das vias de acesso". Hoje, triplicaram os carros turismos que circulam na nossa cidade”, mercê do trabalho desenvolvido pela edilidade no sector de infra-estruturas.

O presidente daquela autarquia destacou a asfaltagem de avenidas, pavimentação de ruas, construção de mercados, bibliotecas e outras realizações como marcos dos sete anos governação municipal.

Mas últimas três eleições autárquicas, “havíamos prometido”, durante a campanha eleitoral, que “iriamos tirar Quelimane do buraco em que se encontrava rumo ao desenvolvimento. Tirámos ou não Quelimane do buraco?", questionou Manuel de Araújo, tendo os munícipes respondido, em coro, positivamente.

"Quelimane hoje é a cidade com quem se fala. Quelimane deixou de ter as piscinas municipais no centro das vias de acesso. Hoje, triplicaram os carros turismos que circulam na nossa cidade. Deixamos de ter a obrigação de andar com carros de tracção a quatro rodas dentro da nossa urbe. Juntos transformámos Quelimane de uma das cidades mais sujas para uma das limpas de Moçambique", considerou o edil.
 
De Araújo referiu igualmente que, nos últimos sete anos, o seu executivo identificou os desafios que a cidade enfrentava e junto com os munícipes “trabalhamos para que a nossa cidade voltasse para os carris do processo de desenvolvimento".

Entretanto, um dos desafios é “continuar a consolidar a democracia, dignidade, identidade e a nossa história na nossa cidade", bem como “revitalizar, reactivar e reavivar a economia”.
 
O presidente autárquico de Quelimane fez saber que desde que tomou posse, em 2011, tornou na cidade não só sustentável, cumprindo as recomendações das Nações Unidas sobre as metas do desenvolvimento sustentável que determinam que "até 2030 todas as cidades do planeta devem ser sustentáveis, resilientes e habitáveis".

Ele destacou que a convivência e coexistência pacífica são uma realidade indeclinável na cidade de Quelimane porque a edilidade cumpre escrupulosamente com a constituição da República.

Governo destaca investimentos para abastecimento de água

Júlio Mendes secretário permanente da província da Zambézia, destacou, em representação do governador Abdul Razak, os esforços do governo na provisão de água dos munícipes de Quelimane.
 
"O nosso governo tem estado a trabalhar com todos os sectores da nossa sociedade como exemplo de ligação com os outros parceiros para melhoria da provisão do precioso liquido a nossa cidade", disse referindo que de 2015 a 2018 foram aberto quatro novos furos aumentando assim a disponibilidade de agua de dois mil para 18 mil metros cúbicos por dia, foi construída uma torre beneficiando novos bairros como Chuabo Dembe e pequeno Brasil para alem da construção do centro distribuidor de Sampene, entre outras acções.   

 

 

Partilhe

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos