O País – A verdade como notícia

Economia nacional cresceu 1.78% no terceiro trimestre de 2021

Foto: Sala de Estudo

Dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) indicam que o Produto Interno Bruto a preços de mercado (PIBpm) apresentou uma variação positiva de 3.36% no terceiro trimestre de 2021, quando comparado ao período homólogo de 2020, perfazendo um crescimento acumulado de 1.78%.

Este crescimento foi influenciado pelo sector primário que registou uma variação de 4.78%, com maior destaque para o ramo da indústria de extracção mineira (5.01%), seguido pelo ramo da agricultura, pecuária, caça, silvicultura, exploração florestal (4.88%), e do ramo da pesca (1.76%).

O sector terciário ocupa a segunda posição, com variação de 2.36%, com destaque para o ramo da hotelaria e restauração (5.09%), seguido pelo ramo dos serviços financeiros (2.43%), e do ramo dos transportes e comunicação (2.03%).

O sector secundário registou uma variação positiva de 2.04%, induzida pelo ramo de construção (2.21%), seguido pelo ramo de electricidade, gás e distribuição de água (2.08%) e, por último, o ramo da indústria manufactureira (na ordem de 1.96%).

 

Peso dos ramos na economia

Os ramos da agricultura, pecuária, caça, silvicultura, exploração florestal e actividades relacionadas tiveram uma maior participação na economia com peso conjunto no PIB de 23.06%, seguido pelos ramos de transportes, armazenagem e actividades auxiliares dos transportes e informação e comunicações (10.99%).

Ocupa o terceiro lugar o ramo de comércio e serviços de reparação (6.87%), seguido do ramo da indústria de extracção mineira (6.82%). Os ramos da administração pública, educação, indústria transformadora, aluguer de imóveis e serviços prestados às empresas, pesca e aquacultura com pesos de 7.57%, 5.95%, 5.44%, 5.17% e 1.25%, respectivamente. Os restantes ramos de actividade tiveram em conjunto um peso de 26.87%.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos