O País – A verdade como notícia

Dominguez será baixa dos Mambas no estágio interno

A selecção nacional de futebol, os Mambas, inicia próxima semana um estágio interno com jogadores que actuam no  Moçambola 2021, para colmatar a paragem do campeonato nacional. Dominguez será o grande ausente da convocatória que será anunciada esta sexta-feira

Com o Moçambola suspenso pelo decreto do Governo, como medida de prevenção da Covid-19, o seleccionador nacional procurou outras formas de colmatar esta paragem e optou pelo estágio interno, com jogadores que actuam em equipas do campeonato nacional, para que não percam o ritmo competitivo, depois de terem estado em competição por quatro jornadas.

Mas nem todos estarão neste estágio interno e a grande baixa é do capitão Dominguez.

Dominguez está sem clube desde Junho do ano passado, depois de não ter renovado seu contrato com o BidVest da África do Sul, e de lá para cá não está a representar nenhum clube. Uma situação que vai deixar o internacional moçambicano de fora da convocatória dos Mambas, que iniciam próxima semana o estágio, com vista a dupla jornada de qualificação ao CAN dos Camarões.

O seleccionador nacional, Luís Gonçalves, vai divulgar, esta sexta-feira, em comunicado, os 32 jogadores que actuam em clubes do campeonato nacional, que farão parte do referido estágio.

Sem Dominguez, a convocatória não vai fugir muito daquele que foi feita para o estágio em Portugal, em Setembro do ano passado, quando os Mambas preparavam o duplo confronto com os Camarões, para a terceira e quarta jornadas da fase de grupos.

Os Mambas terão o jogo da quinta jornada em Kigali, diante do Ruanda, a 23 de Março, fechando a fase de grupos no Estádio Nacional do Zimpeto, diante do Cabo Verde, a 30 do mesmo mês.

O seleccionador nacional está confiante numa boa prestação dos Mambas nos dois jogos e na qualificação ao CAN dos Camarões, em Janeiro de 2022. Luís Gonçalves reitera que enquanto for seleccionador nacional, juntamente com a sua equipa t]ecnica, “tudo faremos, o que estiver ao nosso alcance, para podermos dar esta alegria (de qualificação ao CAN) ao povo moçambicano”.

Gonçalves reconhece que os Mambas tem qualidade e só depende de si, embora qualquer das selecções do grupo F tenha possibilidades de qualificação, olhando para a diferença pontial que separa as equipas que lutam por uma vaga pela qualificação. “Dependemos de nós de fazermos bons resultados e ganhar os jogos que temos pela frente e garantir essa qualificação que todos nós queremos”, disse Luís Gonçalves. E o segredo para esse sucesso é único: “trabalho para atingir o objectivo”.

Recorde-se que os Mambas estão na segunda posição, com quatro pontos, frutos de uma vitória, um empate e duas derrotas, em quatro jogos disputados, estando atrás dos Camarões, anfitriões do CAN, que somam 10 pontos. Atrás dos Mambas estão Cabo Verde, com três pontos e Ruanda, com dois pontos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos