O País – A verdade como notícia

Domingues marca primeiro golo pelo Royal da África do Sul

Fotos: Royal AM

O internacional moçambicano e capitão dos Mambas, Elias Pelembe, Domingues, regressou em grande estilo aos convocados do Royal AM da África do Sul, ao apontar o seu primeiro golo pela colectividade que milita no principal campeonato do país vizinho, a Premier Soccer League, PSL.

O “Puto Maravilha” ainda começou o jogo no banco, tendo entrado já na segunda parte, aos 56 minutos, para o lugar de Given Mashikinya, para marcar o único golo do jogo, aos 95 minutos, mesmo ao apagar das luzes, para dar vitória à sua equipa diante do Moroka Swallows, em desafio da 21ª jornada da PSL.

Um resultado que coloca o Royal AM na segunda posição da competição, a 15 pontos do líder, Mamelodi Sundowns, ainda que tenha dois jogos a menos em relação ao campeão sul-africano.

A última vez que Domingues tinha sido chamado para um jogo da PSL, pelo Royal AM, foi em Dezembro do ano passado e, neste seu regresso aos convocados, o “Puto Maravilha” prova que ainda tem futebol nos pés e, consequentemente preparado para continuar a dar seu contributo aos Mambas, a selecção nacional de futebol do nosso país.

Ainda este final de semana, também na África do Sul, outro internacional moçambicano, Manuel Kambala, voltou a merecer a confiança do seu treinador, ao ser chamado à titularidade, num embate em que o Baroka Swallows tirou a barriga da miséria ao derrotar o TS Galaxy, por 1-0.

O único golo da partida foi marcado por Ngubane aos 14 minutos da etapa inicial, que ainda assim não tira a equipa da cauda da Premier Soccer League, com 17 pontos, os mesmos do TS Galaxy, ocupando as duas posições de despromoção.

Já Aly Abudo, moçambicano que milita no TS Sporting, da segunda divisão sul-africana, foi titular no empate da sua equipa diante do Cape Town All Stars, em partida da 21ª jornada.

O resultado apenas deu algum fôlego ao TS Sporting, que está numa zona incómoda, nomeadamente a 14ª posição, último da permanência, com 21 pontos, os mesmos do Pretoria Calies, estando a quatro pontos da despromoção.

Ainda em África, Luís Miquissone voltou a não ser opção para Pitso Mosimane, no jogo entre Al Ahly e Al Merreikh, de atraso da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

O campeão egípcio e africano de clubes acabou vencendo o jogo por 3-2, depois de muito sofrimento, em que começou a vencer com golo aos dois e aos 34 minutos, apontados por Mohamed Sherif. O Al Merreikh ainda empatou com golos aos 43 e 69 minutos, mas aos 76 minutos beneficiou-se do autogolo marcado por Mustafa Karshoum, para somar os primeiros três pontos que colocam a equipa na segunda posição do grupo A.

Na Europa nada de novo. Os habituais titulares continuaram a merecer a confiança dos seus treinadores, casos de Reinildo Mandava, na vitória do Atlético Madrid diante do Real Bétis, na Espanha, Zainadine Jr, na vitória do Marítimo diante do Moreirense à tangente, e em que foi capitão, Geraldo, na derrota do Fafe diante do Anadia, Gildo Vilankulo, na vitória da sua equipa, o Amora, frente ao Alverca, à tangente, Bruno Langa, no embate em que o Chaves perdeu frente ao Penafiel, Stanley Ratifo, no Pforzheim, Edson Macuana (Vila-franquense), Abel “Maestro” Joshua (Guimarães sub-23), Celton, Dércio Augusto e Simon Cipriano, todos nos sub-19 do Leixões, e Faisal Bangal, no ASD Alcione da Itália.

Outros jogadores foram suplentes utilizados e outros ainda não foram convocados nas suas equipas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos