O País – A verdade como notícia

Dom Cláudio Dalla Zuanna quer jovens que lutem pelo bem-estar do país

O arcebispo da Beira, Dom Cláudio Dalla Zuanna, exortou, esta quinta-feira, os jovens a saberem diferenciar os interesses colectivos dos individuais, para melhor contribuírem, com acções concretas, no robustecimento social e económico do país.

Dom Cláudio Dalla Zuanna falava na Praça dos Heróis Moçambicanos, na cidade da Beira, onde participou nas cerimónias alusivas aos cidadãos que lutaram pela libertação da pátria.

Para o arcebispo, em cada 3 de Fevereiro, todos os moçambicanos deviam reflectir, profundamente, em torno dos actos dos jovens que em 1969 souberam pôr os interesses do país acima dos seus interesses pessoais e das suas próprias vidas.

A efeméride serve para “honrar esses heróis e para nos inspirarmos nos seus ideais. O objectivo da nossa vida não é satisfazer os nossos interesses pessoais, como se fossemos as únicas pessoas a viver nesta Nação. Temos que encontrar caminhos para contribuir na construção de um país mais justo e solidário”, apelou Dom Cláudio Dalla Zuanna.

Dalla Zuanna entende que a realização de sonhos individuais depende do bem-estar da Nação e para tal “é fundamental que os jovens se inspirem nos exemplos dos que hoje são considerados heróis nacionais”.

“Os jovens que têm grandes sonhos, que coloquem como prioridade nos seus sonhos a necessidade de todos estarmos bem e crescermos juntos como uma Nação. Temos que continuamente nos inspirarmos nos heróis nacionais. Não só aqueles cujos nomes e rostos conhecemos, mas nos tantos moçambicanos que deram as suas vidas no campo de batalha, na área agrícola, na saúde e na educação para o bem-estar do país”, afirmou o arcebispo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos