O País – A verdade como notícia

Dois “maquinistas” perseguem um “touro”

Dje, do Ferroviário de Lichinga, e Dayo, do Ferroviário da Beira, são agora os directos perseguidores de Ejaita, da Associação Black Bulls, na lista dos melhores marcadores do Moçambola 2021.

Os dois “maquinistas” dos “locomotivas” de Lichinga e do Chiveve somam 10 golos, enquanto o “touro” lidera com mais quatro golos. Dje foi o único que ficou em branco nesta jornada.

Numa jornada que produziu 11 golos, Dayo terá sido a maior estrela, ao apontar dois golos na vitória da sua equipa diante do Matchedje de Mocuba e a afinar a pontaria para a visita ao terreno do seu “mano” de Maputo. O jogador do Ferroviário da Beira alcançou o avançado do homónimo de Lichinga, Dje, que ficou em branco, agora com 10 golos cada um.

Entretanto, os dois ficaram mais longe do líder dos artilheiros do Moçambola, o nigeriano Ejaita, que voltou a mugir de um excepcional livre directo, a fazer o seu 14º golo no Moçambola 2021. O “touro” Ejaita está agora a seis golos de conquistar o troféu dos melhores marcadores do campeonato nacional, fixado em 20 golos, quando faltam apenas seis jornadas.

Resta saber se irá conseguir, tendo em conta que, na jornada passada, saiu lesionado, com contusão no joelho.

Outros jogadores, que balançaram as redes adversárias nesta jornada, foram Jafete, da Associação Desportiva de Vilankulo, que alcançou o seu colega Jongwe, com quatro golos cada um. Também a chegar a fasquia dos quatro golos esteve Soares, do Ferroviário de Nacala, que apontou diante da Black Bulls, o mesmo feito atingido por Victor, dos “touros”.

Samito, do Textáfrica do Chimoio, chegou ao seu terceiro golo depois de marcar ao Desportivo Maputo, enquanto o seu colega de equipa, que marcou o segundo golo na partida diante dos “alvi-negros”, Nuno, fez o seu segundo golo.

Nesta jornada, estrearam-se a marcar os jogadores Celso, do Ferroviário de Maputo, Caioio, do Ferroviário de Lichinga, e Andro, do Incomáti de Xinavane.

O Moçambola 2021 já produziu, até à 20ª jornada, 285 golos.

 

 

14 Golos: Ejaita (Associação Black Bulls)

 

10 Golos: Dje (Ferroviário de Lichinga), Dayo (Ferroviário da Beira)

 

8 Golos: Henriques (Desportivo de Maputo/UD Songo)

 

7 Golos: Melque (Associação Black Bulls), Lau King (UD de Songo)

 

6 Golos: Telinho (Costa do Sol), Marcel (Ferroviário de Maputo)

 

5 Golos: Salas (Ferroviário de Nampula),

 

4 Golos: Valdo Muhiha (Ferroviário de Nampula), Jongwe e Jafete (AD Vilankulo), Turras (Liga Desp. Maputo/Ferroviário de Nacala), Soares (ABB/Fer. Nacala), Hammed, Fidel, Victor (Associação Black Bulls), Valter (Fer. Lichinga), Dilson (Liga Desp. de Maputo),

 

3 Golos: Mafaite (Ferroviário da Beira), Kito (Ferroviário de Maputo), Domingos (AD de Vilankulo), Zacarias (Ferroviário de Lichinga), Eládio (Liga Desp. de Maputo), Mathause (Incomati), Stephen (Costa do Sol), Shelton (Ferroviário de Nacala), Valter (AD Vilankulo), Fabrice (Fer. Beira), Samito (Textáfrica), Mutong (Fer. Maputo/Fer. Beira)

 

2 Golos: Touré (Ferroviário de Nacala), Victor, Parkim (AD de Vilankulo), Estevão (Liga Desp. de Maputo), Luís (Matchedje de Mocuba), Sidique (UD Songo), Danilo e Nuno (Textáfrica do Chimoio), Dinheiro (Incomati), Nilton, Raymond – queniano, Mário (Costa do Sol), Dinis, Orlando (Desp. Maputo/Fer. Nacala), Raul (Fer. Maputo)

 

Estreantes a marcar

Celso (Fer. Maputo), Caioio (Fer. Lichinga), Andro (Incomati),

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos