O País – A verdade como notícia

Dois anos depois do Idai, Governo faz avaliação positiva da reconstrução

Sector de Habitação é o que menos registou avanços em termos de reconstrução, se comparado com os da Saúde e Educação

A secretária de Estado de Sofala, Stela Zeca, disse que a caminhada para a reconstrução da cidade da Beira ainda é longa. Contudo, no sector de Saúde, registou-se um relativo avanço de cerca de 80%, no de Educação 25%, mas a Habitação está a menos de 1% de reconstrução pós-Idai. Ainda assim, Stela Zeca faz um balanço positivo em termos de acções de mitigação dos efeitos do ciclone, com destaque para o reassentamento.

Na Província de Sofala, o ciclone Idai afectou 237.769 famílias correspondentes a 1. 190.594 pessoas. Parte destas continua a viver em situação de vulnerabilidade, segundo o governador, Lourenço Bulha.

Deste modo, as Nações Unidas apelam para a adopção de medidas visando mitigar os efeitos das mudanças climáticas e aquecimento global nos países que estão na linha da frente.

Enquanto não se adoptam medidas urgentes, o Conselho Autárquico da Beira diz que continua a mobilizar os recursos para a reconstrução da cidade que, também, foi assolada pelos ciclones Chalane e Eloise.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos