O País – A verdade como notícia

DNIC encerra balcões por um dia devido à COVID-19 em Maputo

Dois balcões de atendimento da Direcção Nacional de Identificação Civil (DNIC) estarão encerrados, esta segunda-feira, na cidade de Maputo, para trabalhos de desinfecção em resultado de terem sido detectados dois casos do novo Coronavírus.

Trata-se dos balcões de atendimento do Serviço de Identificação Civil da Cidade de Maputo, bem como o de Kampfumo, que funciona na Avenida Eduardo Mondlane, próximo à sede do Serviço Nacional de Salvação Pública (SENSAP).

A DNIC informa que a medida visa dar espaço à “desinfecção de suas instalações e testagem”, por causa de “dois casos da COVID-19, detectados no dia 8 de Janeiro”. A instituição elucida ainda que “os serviços serão reabertos na terça-feira, dia 12”.

Enquanto durar o encerramento, “os serviços de identificação civil estarão disponíveis nos balcões de atendimento da 24 de Julho, KaMavota (Laulane), KaMubukuane, KaTembe, KaMaxaquene e no posto de atendimento de Magoanine”, diz a instituição, num comunicado a que “O País” teve acesso.

O encerramento por um dia dos balcões em alusão surge num contexto em que a instituição regista forte demandada de utentes que buscam pelos serviços de identificação civil.

Só na última segunda-feira, por exemplo, a cidade de Maputo registou mil pedidos de bilhetes de identidade, muito acima da média diária de 400 solicitações.

Refira-se que esta não é a primeira vez que a DNIC encerra repartições devido ao registo de casos da COVID-19 na instituição.

Em Setembro último, a mesma entidade encerrou, temporariamente, a fábrica que produz os documentos de identificação na Matola, depois de diagnosticar Coronavírus positivo num dos colaboradores.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos