O País – A verdade como notícia

D’Manyissa distinguido nos Estados Unidos

“Stone cold lover” é uma composição conjunta, feita à distância. Em Moçambique, D’Manyissa, e nos Estados Unidos, Michael Mayo. A música tem dois minutos e cinquenta e três segundos de duração. Trata de amor e varia entre o Pop e o R&B.

Além de compor o tema, o artista moçambicano criou a melodia da música, tendo, por isso, ajudado na menção honrosa conquistada no SongDoor Songwriting Competition, nos Estados Unidos de América, na categoria Pop.

Para D’Manyissa, “Stone cold lover” foi uma música escrita rapidamente. 24 horas foram suficientes para compor e criar a melodia. E sobre a menção honrosa? “Esta distinção significa que estou no caminho certo, porque o meu trabalho está a ser reconhecido no estrangeiro. Os membros do júri que escolheram a nossa música são pessoas experientes: músicos, professores de composição, arranjistas, e etc. É um privilégio porque foram milhares de concorrentes. Isto significa que temos qualidade”, afirmou D’Manyissa.

“Stone cold lover” marca a primeira colaboração entre Michael Mayo e D’Manyissa. Entretanto, o compositor moçambicano já colaborou com outro artista norte-americano: Caleb Alen, na música “Let there be peace”, há mais ou menos dois anos. A música foi menção honrosa no mesmo concurso norte-americano, em 2020. Ao nível internacional, D’Manyissa destaca ainda a parceria com a autora brasileira Bárbara Silva, formada no Berklee College of Music dos EUA, com a música “Conta comigo”.

Num outro concurso musical, UK Songwriting competition, na Inglaterra, “Stone cold lover” foi semi-finalista em duas categorias: R&B e Pop.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos