O País – A verdade como notícia

Distrito de KaMpfumu lidera pedidos de divórcios

Os pedidos de divórcio aumentaram entre 2018 e 2019, na cidade de Maputo. Com um total de 72 casos, o distrito de KaMpfumu liderou a lista, indica um relatório do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Há cada vez mais divórcios na cidade de Maputo. Até que a morte nos separe! Este é um dos juramentos no altar durante o acto matrimonial. Mas em muitos dos casos têm sido promessas quebradas.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) revela que deram entrada em 2019, um total de 159 pedidos de divórcios na cidade de Maputo, três a mais que em 2018.

Entretanto, o relatório não fala das razões, mas aponta o distrito municipal de KaMpfumu, como o que liderou a lista com 72 casos, seguido de KaMubukwana e KaMavota com 32 e 24 casos respectivamente.

“Nos tribunais distritais de Maputo cidade, constatou-se que os distritos de KaMpfumu, Nlhamankulu e KaMubukwana registaram uma subida de 10,1% dos processos findos em 2019, quando comparado a igual período do ano anterior” – realça o relatório.

Os dados constam do relatório intitulado Estatísticas de Crime e Justiça na cidade de Maputo em 2019.

Sobre a distribuição de casos criminais por distritos municipais entre 2018 e 2019, KaMpfumu é também destaque pela negativa, ao registar a taxa mais elevada (25,4%).

Em contrapartida, KaNyaka foi o distrito mais seguro com 0,16% do total de crimes.

Em toda cidade foi foram registados 11.048 crimes em 2019, com destaque para roubos, assaltos à mão armada, furto simples, furto qualificado, abuso de confiança, fogo posto, entre outros crimes relacionados com a perda de posse de bens e a constituição de novo proprietário desse mesmo bem

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos