O País – A verdade como notícia

“Digitalização dos serviços financeiros pode promover transparência”

A inclusão financeira foi o tema central das 10ª jornadas científicas do Banco de Moçambique, um evento que juntou na mesma sala funcionários no activo e reformados do Banco Central e outros convidados.

O governador do Banco de Moçambique foi ao pódio defender que a inclusão financeira é um importante instrumento para lidar com questões de pobreza. Mas para tal, é preciso apostar na digitalização dos serviços financeiros, pois tal pode promover maior transparência nas contas públicas.

Apesar de reconhecer o trabalho feito pelo Banco Central na promoção da inclusão financeira, Rogério Zandamela diz que ainda há muitos desafios.

Neste momento, o Banco Central está a preparar um aviso para permitir que a banca comercial tenha mais instrumentos de identificação dos seus clientes.

Reforçar a segurança dos dados bancários e promover mais a educação financeira são outros desafios deixados pelo governador do Banco Central.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos