O País – A verdade como notícia

Dezoito pessoas mortas em atentado no Burkina-Faso

Pelo menos 18 pessoas morreram e outras 10 ficaram feridas na sequência de um atentado ocorrido na noite de ontem, num restaurante no Burkina-Faso. Os autores do ataque foram mortos no local por forças militares governamentais. 
Na noite de ontem, dois homens dispararam contra os clientes do café Aziz Istambul, geralmente frequentado por estrangeiros, na capital do Burkina Faso. A troca de tiros entre os atacantes e as autoridades prolongou-se durante quatro horas.
 “O balanço é de 18 mortos, dos quais 14 estão ainda no local do ataque. Entre estes 14 mortos estão dois assaltantes”, adiantou, a coberto do anonimato, uma alta patente do exército do Burkina-Faso, citada pela France Presse.
Sem avançar com mais detalhes sobre o número de reféns que perderam a vida, o ministro da Comunicação do Burkina Faso, Remis Dandjinou, confirmou que os atacantes retiveram pessoas e que algumas foram libertadas. O atentado foi revindicado pelos Jihadistas, um grupo terrorista. 
Os jihadistas iniciaram os ataques ao Burkina-Faso em 2015. O grupo tem feito ataques a militares, sequestro a cidadãos estrangeiros e bombardeamentos em locais muito frequentados. 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos