O País – A verdade como notícia

Dezasseis membros da ONU detidos na Etiópia

Foto: Historia do Mundo

Dezasseis membros da Organização das Nações Unidas (ONU) foram detidos em Adis Abeba, na Etiópia, por razões que a agremiação desconhece.

A informação sobre a detenção dos 16 membros da ONU na Etiópia é avançada pela própria organização, num caso em que as autoridades etíopes negam dar qualquer esclarecimento sobre as motivações.

Entretanto, a Etiópia encontra-se em estado de emergência devido ao conflito com rebeldes.

Em declarações aos jornalistas, esta terça-feira em Nova Iorque, o porta-voz das Nações Unidas disse que a organização estava a trabalhar com o Governo etíope para assegurar a libertação imediata dos detidos.

As relações entre as Nações Unidas e o Governo da Etiópia não têm sido das melhores desde o início do conflito, que segundo a organização empurrou milhares de pessoas para uma situação precária.

Dados do Programa Mundial Alimentar referem que quase sete milhões de pessoas enfrentam uma crise de fome no norte daquele país africano devido à guerra entre o Governo e a Frente de Libertação do Povo que já dura um ano.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos