O País – A verdade como notícia

Detidos supostos falsificadores de documentos na Matola

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve três indivíduos por alega falsificação de documentos. Um dos suspeitos foi neutralizado no interior de um banco comercial quando tentava realizar uma transação financeira com recurso a um bilhete de identidade falso.

Entre os documentos considerados falsos e apreendidos pela PRM fazem parte bilhetes de identidade e livretes de registo de veículos automóveis.

“Não tenho nada a dizer com relação aos bilhetes de identidade”, disse o acusado,  detido na quinta esquadra da PRM na Machava, e alegou que os livretes encontrados em sua posse foram encomendados por “alguém que queria viajar”.

Outro suspeito revelou, por sua vez,  que os documentos confiscados pelas autoridades pertenciam a pessoas que pretendiam abrir contas bancárias e ele era apenas intermediário. “Depois desse trabalho, eu ia ganhar 15 mil meticais”.

O porta-voz da Direcção Nacional de Identificação Civil (DNIC), Alberto Sumbana, disse que decorre uma investigação no sentido de esclarecer o assunto junto com o Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC).

“Neste caso na há nenhum envolvimento dos funcionários da DNIC esses sabem onde falsificam estes documentos, mas nós já estamos a trabalhar para desmantelar este esquema”, referiu Sumbana.

Este ano, pelo menos 12 pessoas foram detidas, em todo país, sob acusação de falsificação de bilhetes de identidade.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos