O País – A verdade como notícia

Detidos funcionários do HCN acusados de desvio de mais de 2 milhões MT

Onze pessoas foram detidas, das quais nove funcionários do Hospital Central de Nampula acusados de desvio de mais de dois milhões de meticais através de transferências indevidas do sistema de pagamento do Estado.

O processo que culminou com a detenção das onze pessoas vem sendo investigado desde Novembro do ano passado, e só agora foram encontrados elementos suficientes que provam o envolvimento de nove funcionários do departamento de contabilidade do Hospital Central de Nampula, no esquema de transferência indevida do valor público para contas privadas.

O Gabinete Central de Combate à Corrupção em Nampula esclareceu ainda que dos onze detidos esta sexta-feira, existem dois agentes económicos que recebiam transferências e depois canalizavam uma parte do valor aos funcionários públicos em causa.

E dos mais de dois milhões desviados, foram recuperados pouco mais de 600 mil meticais.

Com a instrução preparatória concluída, o processo segue para o Tribunal Judicial da Cidade de Nampula, para já, com 11 arguidos presos, sendo que outros 12 vão responder em liberdade.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos