O País – A verdade como notícia

Detidos 24 imigrantes ilegais em Manica

A Polícia da República de Moçambique deteve, na madrugada desta quinta-feira, 24 imigrantes ilegais, que entraram no país através da fronteira entre Manica e Malawi.

Dos ilegais, que se faziam transportar em duas Toyota Hilux com matrículas sul-africana, estão 21 etíopes, dois zimbabweanos, um sul-africano, um paquistanês e dois moçambicanos que escoltavam-nos através de uma viatura de marca Toyota Land Cruiser.

Os imigrantes dizem que provêm do Malawi e pretendiam entrar na vizinha África do Sul, uns para procurar emprego e outros para visitar familiares.

“Venho da Addis Abeba, Etiópia. Ia à África do Sul à procura de emprego”, justificou um dos detidos.

O Porta-voz do Serviço Provincial de Migração de Manica esclareceu, no entanto, que os passaportes destes imigrantes ostentam carimbos do Aeroporto Internacional de Kamuzu, localizado em Blantaire no vizinho Malawi, mas do lado moçambicano entraram ilegalmente.

“Como os cidadãos possuem passaportes, eles entraram via Malawi. Só que não fizeram movimento na parte moçambicana. Significa que violaram a fronteira para entrar em Moçambique. Vão ser repatriados directamente para o Malawi”, referiu Jorge Machava.

Esta é a segunda vez, em menos de um mês, que em Manica são detidos e repatriados cidadãos estrangeiros por entrarem no país ilegalmente, uma situação que as autoridades migratórias assumem estar a ocorrer devido a fragilidades no controlo das fronteiras moçambicanas.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos