O País – A verdade como notícia

Detido Renato Matusse e mais oito arguidos das dívidas ocultas

Na segunda leva, ninguém escapou e foram todos às celas. Num único dia, foram detidos nove arguidos que tinham ficado de fora nas detenções do primeiro trimestre. Da lista, avulta o nome de Renato Matusse, ele que foi o assessor político do então Presidente da República, Armando Guebuza.

Além de Matusse, o tribunal judicial da cidade de Maputo ordenou a detenção de Zulficar Ali Ahmad, Cipriano Mutota, Crimildo Manjate, Mbanda Anabela Henning, Khessaujee Pulchand, Simião Mahumane, Naimo Quimbine e Márcia de Caifaz Namburete.

O grupo dos nove detidos esta segunda-feira junta-se aos outros 10 arguidos que estão em prisão preventiva desde o primeiro trimestre do ano.

As detenções ocorrem 10 dias depois de o Ministério Público ter submetido a acusação definitiva ao Tribunal Judicial da Cidade de Maputo. Neste momento, aguarda-se pelo despacho da juíza da causa, Evandra Uamusse, que vai anunciar quem vai a julgamento.

Na acusação provisória de Março, o Ministério Público imputava a cada arguido detido esta segunda-feira os seguintes crimes:

Renato Matusse, 61 anos. Recebeu USD 02 Milhões. É acusado de quatro crimes: Corrupção para Acto Ilícito; Crime de Associação para Delinquir, Crime de Abuso de Confiança e Crime de Branqueamento de Capitais.

Cipriano Mutota, 61 anos, oficial do SISE. Recebeu: USD 980 mil. É acusado de quatro crimes: Crime de Abuso de Confiança; Crime de Branqueamento de Capitais; Corrupção Passiva para Acto Ilícito e Crime de Associação para Delinquir.

Crimildo Manjate, 38 anos. Recebeu: 3.750.000 Meticais. É acusado de três crimes: Crime de Associação para Delinquir, Crime de Abuso de Confiança e Crime de Branqueamento de Capitais.

Mbanda Henning, 43 anos. Recebeu: 12.865.000 Meticais. É acusado de três crimes: Crime de Associação para Delinquir, Crime de Abuso de Confiança e Crime de Branqueamento de Capitais.

Zulficar Ahmad, 46 anos. Recebeu USD 100 Mil. É acusado de dois crimes: Crime de Abuso de Confiança e Crime De Branqueamento de Capitais.

Naimo Quimbine, 39 anos. Recebeu: 5.682.907 Meticais.
É acusado de três crimes: Crime de Associação para Delinquir, Crime de Abuso de Confiança e Crime de Branqueamento de Capitais.

Márcia Caifaz Namburete, 47 anos. Recebeu: 50 mil Euros
É acusada de três crimes: Crime de Associação para Delinquir, Crime de Abuso de Confiança e Crime de Branqueamento de Capitais.

Simione Mahumane, 46 anos. Recebeu: 872.500 Meticais.
É acusado de três crimes: Crime de Associação para Delinquir, Crime de Abuso de Confiança e Crime de Branqueamento de Capitais.

Khessaujee Pulchand, 37 anos. Recebeu: 13.480.000 Meticais.
É acusado de três crimes: Crime de Associação para Delinquir, Crime de Abuso de Confiança e Crime de Branqueamento de Capitais.

Entretanto, a acusação definitiva do Ministério Público pode ter sofrido alterações na sequência das diligências no âmbito da instrução contraditória.
 
    

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos