O País – A verdade como notícia

Detido presidente do partido da oposição da Tanzânia

O presidente do maior partido da oposição da Tanzânia, Chadema, Freeman Mbowe, foi detido junto com outros 10 membros, na cidade de Mwanza por planearem uma manifestação, anunciou hoje o partido.

Segundo explicou o director de comunicações do Chadema, John Mrema, Freeman Mbowe foi abordado por um exército de polícias ao chegar ao hotel às 02h:30 minutos, e foi preso junto com outros líderes.

O representante do partido disse, também, que “os outros dirigentes foram levados para a esquadra da polícia de Mwanza, mas o local para onde Freeman Mbowe foi transportado não é conhecido e, até ao momento, não há informações sobre o seu paradeiro”. O partido pediu à polícia que dissesse onde o líder está e porque está preso.

Segundo escreve o Notícias ao Minuto, as manifestações convocadas por Freeman Mbowe tinham como objectivo exigir reformas constitucionais, apesar das restrições impostas pelas autoridades locais em Mwanza, devido à pandemia do novo Coronavírus.

Numa mensagem divulgada no Twitter do maior partido da oposição, assinada por John Mrema, o partido repreende a persistência da ditadura do falecido presidente tanzaniano, John Magufuli.

“Condenamos a repressão aos direitos dos tanzanianos da maneira mais veemente. São sinais de que a ditadura do Presidente John Magufuli continua no país”, sublinhou o partido.

O ex-Presidente John Magufuli, que governava a Tanzânia desde 2015, morreu, a 17 Março, de problemas cardíacos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos