O País – A verdade como notícia

Detido presidente da Fundação Eduardo dos Santos

Dias depois da detenção preventiva do ex-presidente do Fundo Soberano de Angola e filho do ex-Presidente de Angola, José Filomeno dos Santos, as autoridades angolanas detiveram, esta sexta-feira, o presidente da Fundação Eduardo dos Santos, Ismael Diogo, depois de não ter comparecido nos serviços de investigação criminal angolanos, avançou o jornal Expresso.

Em causa está a apropriação indevida de 20 milhões de dólares dos cofres do Conselho Nacional de Carregadores, gerido pelo antigo ministro dos transportes, Augusto Tomás, que, na semana passada, foi detido por alegada má gestão e desvio de fundos.

“A PGR vem por este meio levar ao conhecimento público que, na sequência do processo-crime n.º 23/18, que corre termos na Direção de Investigação e Ação Penal, referente à investigação de fraudes financeiras no Conselho Nacional de Carregadores, foi constituído arguido o cidadão Ismael Diogo da Silva", lê-se no documento da procuradoria angolana.

Segundo o porta-voz do Serviço Penitenciário Angolano, Ismael Diogo foi detido depois de se recusar a responder a várias notificações da justiça, relacionadas com uma acusação sobre o recebimento indevido de milhares de dólares provenientes do Conselho Nacional de Carregadores.

Neste mesmo caso, está igualmente detido, há uma semana, o antigo ministro dos Transportes de Angola, Augusto Tomás, e vários administradores do Conselho Nacional de Carregadores, órgão afecto ao Ministério dos Transportes, acusados de má gestão e desvio de fundos.

O Presidente da Fundação Eduardo dos Santos está agora preso no mesmo local onde José Filomeno dos Santos, filho do ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, está em prisão preventiva, desde a semana passada.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos