O País – A verdade como notícia

Desportivo de Chaves recusa vender Bruno Langa por um milhão de Euros

Foto: Recorde

As recentes prestações do internacional moçambicano Bruno Langa, ao serviço do Desportivo das Chaves, transcende as dimensões e os olhos de Portugal.

O jogador que ajudou o Chaves a ascender à primeira liga do futebol português já tem pretendentes de vários países da Europa, com destaque para Portugal, Espanha, França e Alemanha.

De acordo com o jornal português Record, na sua edição desta segunda-feira, o defesa moçambicano está na mira do Mainz da primeira divisão da Alemanha, que terá contactado a direcção do Chaves com pretensões de levar o jogador para outro lado do continente.

Entretanto, de acordo com o jornal Record, a turma portuguesa recém-promovida à primeira liga, terá rejeitado uma proposta de um milhão de euros pelo internacional moçambicano.

O emblema transmontano pretende continuar a contar o jogador moçambicano neste regresso a alta roda do futebol português e não equaciona uma venda a breve trecho, o que colocaria o jogador de 24 anos a ser o primeiro moçambicano a jogar na primeira liga alemã, país onde milita ainda o avançado Stanley Ratifo, mas na quarta divisão.

Para já, as negociações continuam e o Mainz aguarda uma decisão contrária do Chaves, podendo ainda subir a fasquia para ter o jogador na próxima edição da Bundesliga.

Na época 2021/2022, o lateral esquerdo moçambicano disputou um total de 32 jogos, de 38 possíveis, 28 dos quais para a 2ª Liga, 1 para a Taça de Portugal, outro para a Taça da Liga e os dois do Play-Off de Subida.

No Play-Off de Subida, Bruno Lança acabou por ser uma peça-chave na defesa do emblema transmontano que acabou por afastar o Moreirense da divisão principal do futebol português.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos