O País – A verdade como notícia

Desenvolvimento da vila sede de Moma refém de estradas

Grande parte das estradas de Nampula são de terra batida. Na sua maioria encontram-se e em péssimo estado de transitabilidade. Chegar à vila sede do distrito de Moma, por exemplo, tornou-se mais difícil, principalmente depois da passagem da depressão tropical que afectou a zona norte do país. Quer seguindo a via do distrito de Murrupula, quer seguindo a de Mogovolas, o percurso de cerca de duzentos quilómetros continua espinhoso chegando a durar mais de dez horas de viajem. Esta é uma situação que está a condicionar o desenvolvimento da vila sede daquele distrito, onde muitos estabelecimentos comerciais já fecharam as portas devido aos custos do transporte de mercadorias de diferentes pontos para a vila.

Os poucos comerciantes que ainda sobrevivem com os seus negócios revelaram ser muito complicado continuar com a actividade comercial.

“O problema das estradas é péssimo. As estradas aqui não ajudam o desenvolvimento de negócio nem mesmo o desenvolvimento do próprio distrito” disse Raul Pitaro, um comerciante local.

Os comerciantes dizem que quando vão comprar de mercadorias, às vezes, são obrigados a pernoitar pelo caminho devido a precariedade das vias de acesso.

“Quando você sai hoje para Nampula fazer compras passa dois dias no caminho a regressar”, afirmou agastado António Baudo outro comerciante local.

Raríssimas vezes é impossível fazer ida e volta no mesmo dia neste percurso de 200 quilómetros. Esta é a mesma distância a entre Nampula e Nacala onde os automobilistas fazem duas a três viagens diárias.

Ainda, assim Juvenato Bernardo, director dos serviços distritais de planeamento e infraestruturas em Moma, desdramatiza a situação, afirmando que as estradas de Moma são transitáveis.

“Fomos assolados pela depressão tropical, mas graças a Deus não tivemos grandes problemas. Posso afirmar de viva voz que circula-se nas nossas estradas, ”garantiu aquele dirigente apesar de reconhecer que existe há cerca de 18 quilómetros do distrito uma baixa que constitui um “problema”. O distrito localiza-se a sul da Província de Nampula. Moma é detentor de potencialidades agropecuárias e recursos pesqueiros significativos cuja comercialização e- dificultada pelas difíceis condições em que se encontram as vias de acesso, quase na totalidade de terra batida.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos