O País – A verdade como notícia

Desconhecidos assassinam criança e atiram corpo numa piscina em Maputo

O alerta terá sido dado nas redes sociais. Ryan Teixeira, 6 anos de idade, frequentava a primeira classe, desapareceu de casa numa manhã de quarta-feira e na sexta-feira foi encontrado morto e o corpo a flutuar numa piscina, no Bairro três de Fevereiro na Cidade de Maputo. Um incidente que está a chocar o bairro. A mãe da criança suspeita que seu único filho tenha sido vítima de assassinato.

O menor terá sido visto pela última vez sentado numa rampa da casa onde vivia. A suspeita do crime recai aos inquilinos da casa onde a criança foi encontrada, pertencente a indivíduos de nacionalidade nigeriana, que segundo vizinhos desapareceram logo que registou-se o sumiço da criança e não atendem as chamada da vizinhança.
 
Berta é nome fictício de uma adolescente de 16 anos de idade, que várias vezes foi aliciada a entrar na casa dos suspeitos.

No bairro ninguém tem informação do que exatamente acontece na casa totalmente vedada. O que se sabe é que nas noites e madrugadas registava-se movimento de entrada e saída de carros e que de dia tudo ficava calmo. A avó do Ryan já vive o vazio deixado pela partida macabra do neto.

Os sonhos de Ryan foram interrompidos. Familiares e amigos estiveram este sábado  no cemitério de Lhanguene onde foram depositados os restos mortais do pequeno Ryan. O caso já deu entrada ao serviço nacional de investigação criminal, SERNIC.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos