O País – A verdade como notícia

Deputados exigem solução justa para diferendo no “Nwankakana”

A Comissão da Agricultura, Economia e Ambiente (CAEA) da Assembleia da República encorajou, esta terça-feira, a direcção da Empresa Maputo Sul a prosseguir com o diálogo em curso com os vendedores do mercado 16 de Junho, vulgo “Nwankakana”, com vista a encontrar-se soluções justas para a continuação do projecto de construção da estrada que liga a avenida 24 de Julho e a ponte Maputo-Katembe, cujas obras estão paralisadas há cinco meses.

Este apelo foi feito durante uma audição parlamentar que a CAEA manteve com o Presidente do Conselho de Administração (PCA) da empresa Maputo Sul, Silva Magaia, com o objectivo colher informações sobre os progressos na obra e os constrangimentos encontrados no processo de reassentamento.

De acordo com o presidente da CAEA, Francisco Mucanheia, é preciso encontrar um ponto de equilíbrio entre a Empresa Maputo Sul e os vendedores do mercado “Nwankakana”, para que o diferendo que os opõe seja ultrapassado e se avance com o projecto.

“É preciso sensibilizar as pessoas para a consciência patriótica, uma vez que a conclusão destas obras contribuirá para o desenvolvimento económico do país e conferirá um prestígio a Moçambique a nível internacional”, disse o presidente da CAEA, tendo encorajado a Empresa Maputo Sul a prosseguir com as negociações em curso de modo a que “encontre soluções para compensações justas”.

Segundo o presidente da CAEA, os deputados membros desta comissão de especialidade da Assembleia da República estão abertos para dar o seu contributo para que o impasse nas negociações seja ultrapassado. “Nesta obra, já foram vencidos vários obstáculos inerentes a indemnizações e respectivos reassentamentos. Cremos que este também será vencido com o diálogo”, sublinhou Mucanheia.

A Empresa Maputo Sul informou que as obras, no seu todo, estão a 85 por cento de execução, tendo sido paralisadas na parte norte da ponte Maputo-Katembe, por causa das divergências com vendedores do mercado 16 de Junho.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos