O País – A verdade como notícia

Deputados da oposição chegam a acordo para realizar novas eleições sem Evo Morales

Um passo encorajador para o fim da instabilidade política na Bolívia. Os deputados da oposição e os do partido Movimento para Socialismo do ex-presidente Evo Morales acordaram esta quinta-feira medidas para realização das novas eleições.

Ainda não se determinou a data, mas espera-se que dentro de 90 dias a presidente interina da Bolívia, Jeanine Anez, convoque as novas eleições presidenciais. Entretanto, Anez adianta que Evo Morales que se encontra asilado no México não volte a candidatar-se, pois a Constituição da Bolívia não prevê um quarto mandato presidencial.

O líder indígena renunciou ao poder no domingo passado, depois de ter perdido apoio dos militares, e a organização dos Estados Americanos terem verificado sérias irregularidades nas eleições de 20 de Outubro. A senadora da oposição, Jeanine Anez, assumiu o poder, e actualmente goza do apoio dos Estados Unidos, Brasil, Colômbia, Alemanha, Reino Unido e Rússia. Pelo menos 10 pessoas morreram, centenas ficaram detidos durante os protestos violentos contra os resultados eleitorais.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos