O País – A verdade como notícia

Depois da santa missa, Papa segue para Madagáscar no voo da LAM

Chegou ao fim a santa missa dirigida pelo Papa Francisco, no estádio nacional do Zimpeto, na cidade de Maputo, a qual durou hora e meia. A seguir à celebração da eucaristia, o Sumo Pontífice que aterrou quarta-feira no seu AZA 4000 deixou aquele recinto desportivo num ambiente de festa caracterizado por cânticos e danças dos crentes católicos sobretudo.

Na sua viatura cabine fechada, o Papa saiu do estádio nacional do Zimpeto directamente para o Aeroporto Internacional de Maputo, percorrendo as seguintes avenidas: de Moçambique, Joaquim Chissano e Angola. À sua espera na Base Aérea, onde embarcou para Madagáscar no voo das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), esteve o Presidente da República, Filipe Nyusi, e membros do Governo, que também participaram na santa missa desta manhã.

Na caminhada da sala de espera da Base Aérea para o avião, o Papa quebrou o protocolo e permitiu que a tripulação das Linhas Aéreas de Moçambique aproximasse para o saudar e tirar algumas fotografias, sempre ao lado do Presidente da República. O Santo Padre entrou no avião da LAM às 12h21 e, 23 minutos depois, às 12h44, o mesmo decolou para Antananarivo, capital malgaxe.

O voo de Maputo para Antananarivo deverá durar cerca de quatro horas.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos