O País – A verdade como notícia

Delma, Hulda e Madina vitoriosas na estreia

As internacionais basquetebolistas moçambicanas Hulda Joaquim, Delma Zita e Madina Camara iniciaram, no passado dia 27 de Janeiro, a sua aventura pelo basquetebol colegial norte-americano, precisamente no Seward County Community College. Nos dois jogos até então realizados, as basquetebolistas saíram-se vitoriosas pelas Lady Saints.

No primeiro jogo, no qual o Seward County Community College venceu o Allen Community College por 95-39, Hulda Joaquim entrou no cinco inicial, tendo contabilizado seis pontos, três ressaltos (dois ofensivos e um defensivo) e igual número de assistências e roubos de bola em 15 minutos na quadra. A poste teve um registo de 3-6 nos lançamentos de campo e 0-1 nos tiros exteriores.

Já a compatriota Madina Camara contabilizou seis pontos, três ressaltos (dois ofensivos e um defensivo), uma assistência e roubo de bola nos 13 minutos em que permaneceu na quadra.  Os seus “targets” foram: 3-10 nos lançamentos de campo e 0-4 nos tiros exteriores (0% de aproveitamento).

Por sua vez, a base Delma Zita teve 14 minutos na quadra, sendo que no final da partida apresentou a seguinte estatística: dois pontos e igual número de ressaltos, seis assistências, dois roubos de bola e três “turnovers”.

Sierra Morrow foi a melhor cestinha do conjunto as moçambicanas com 18 pontos, tendo sido secundada por Zana Thompson com 17.

Três dias depois, ou seja, a 30 de Janeiro, Hulda Joaquim voltou a estar no cinco inicial na partida em que o Seward County Community College derrotou o Cowley College, por 93-81.

A vice-campeã africana de sub-18, em 2018, contabilizou dois pontos, oito ressaltos (quatro ofensivos e igual número defensivos) e três perdas de bola. Nesta partida, Delma Zita teve o registo de dois pontos, cinco ressaltos (três defensivos e dois ofensivos) e igual número de assistências em 14 minutos na quadra.

Já Madina Camara arrancou nove pontos, quatro ressaltos e um roubo de bola em dez minutos na quadra. Quatro em cinco nos lançamentos de campo e 1-1 nos tiros exteriores são os números apresentados por esta atleta formada no Desportivo Maputo e, depois, transferida para o Ferroviário.

As basquetebolistas moçambicanas voltam a entrar em cena na sexta-feira, 6 de Fevereiro, diante do Coffeyville Community College. Segue-se, a 10 de Fevereiro, o Neosho County Community College.

Lembre-se que Delma Zita fez parte da selecção nacional de basquetebol sénior feminino que, em 2019, em Dakar, Senegal, terminou na quarta posição no “Afrobasket”.   Conta com dois títulos continentais de clubes conquistados ao serviço do Ferroviário de Maputo: 2018, em Maputo, e 2019, no Cairo, Egipto.

Zita fez ainda parte do cinco que disputou, em 2017, os Jogos da Commonwealth, em Gold Coast, na Austrália.

Já Hulda Joaquim disputou, em 2018, o Mundial de basquetebol sub-20, na Tailândia. Ano passado, no Campeonato do Mundo, Hulda teve registo de 5.7 pontos, 8.0 ressaltos e 0.7 assistências por jogo.

Com passagens pelas selecções de formação, Madina Camara conquistou a medalha de prata no “Afrobasket” sub-18 disputado em 2016, no Cairo, Egipto. Teve, nessa competição, média de 7, 3 pontos, 4, 5 ressaltos e 1, 8 assistências.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos