O País – A verdade como notícia

Delegado da Renamo em Montepuez morre em circunstâncias consideradas estranhas

O delegado distrital da Renamo, em Montepuez, sul da província de Cabo Delgado, foi encontrado morto, esta segunda-feira, três dias depois de ter saído de casa com uma motorizada que havia pedido emprestada ao secretário do bairro Ncoripo, supostamente com objectivo de realizar uma viagem para a sua machamba.

Segundo a Policia, o corpo de Assane Luciano Alfredo, de 35 anos foi achado a flutuar no rio Muatipane, na aldeia Nicuapa, há 30 quilómetros da vila de Montepuez.

A Polícia tomou conhecimento do seu desaparecimento no dia 25 de Novembro corrente quando o proprietário da motorizada, decidiu denunciar as autoridades ao notar a demora do regresso da vítima, e feitas diligências foi localizado o homem esta segunda-feira, mas sem vida e sem roupa, a flutuar no rio, onde também foi encontrada a motorizada, confirmou o Porta-voz da Policia, Augusto Guta.

De acordo com a fonte, supõem-se que o finado tenha perdido a vida por afogamento, no entanto, as autoridades estão a procura de quatro suspeitos envolvidos no crime e estão a investigar se a sua morte esta ou não relacionada com as ameaças que a vítima recebeu dos membros da Renamo, durante as últimas eleições autárquicas.

“Para além de buscas aos suspeitos na morte de Assane Alfredo, estamos a investigar o possível envolvimento dos membros do seu partido, que chegaram a espancar por alegadamente ter sido responsável pela derrota da Renamo na vila de Montepuez”, disse Guta.

Recordar que em Outubro último, supostos membros da Renamo, manifestaram-se nas ruas de Montepuez, contra os dirigentes do seu partido, por supostamente terem sido corrompidos durante as últimas eleições autárquicas.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos