O País – A verdade como notícia

Delegação do Parlamento Europeu impedida de entrar na Venezuela

Uma delegação do Parlamento Europeu (PE), que tinha sido convidada pela Assembleia Nacional venezuelana a visitar aquele país, foi impedida de entrar.

De acordo com o Ministro dos Negócios Estrangeiros venezuela, Jorge Arreaza, a delegação já tinha sido notificada, há vários dias, de que não seria permitida sua entrada na Venezuela.

"Por vias oficiais e diplomáticas, as autoridades do Governo Bolivariano da Venezuela, notificaram, há vários dias, o grupo de eurodeputados que pretendia visitar o país com fins conspirativos, que não seria admitido", disse Arreaza, citado pelo Notícias ao Minuto.

Arreaza acrescentou que o Governo não irá permitir que a extrema direita europeia perturbe a paz e estabilidade do país

A expulsão dos eurodeputados foi denunciada pelo deputado opositor Francisco Sucre, onde afirma que a delegação já tinha chegado ao Aeroporto Internacional. Sucre diz ainda que a decisão das autoridades venezuelanas foi um novo atropelo contra a liberdade e a democracia.

"Proíbem a entrada aos eurodeputados e retêm os seus passaportes sem razão ou explicação alguma, o que é um abuso de força de um regime que recorre à força para aferrar-se ao poder", sublinhou.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos