O País – A verdade como notícia

CTA incentiva empresas a reajustarem salários além das taxas aprovadas

Foto: CTA

Por ocasião do Dia Internacional do Trabalhador, a Confederação das Associações Económicas (CTA) de Moçambique redigiu uma mensagem na qual incentiva as empresas, que têm capacidade, a pagarem mais do que o salário mínimo aprovado.

“Sendo as taxas de reajuste salarial as possíveis e máximas a que os empregadores poderiam comprometer-se, e tendo em conta que há alguns que declaram capacidade de pagar, a CTA incentiva estas empresas a não ficarem pela taxa de reajuste salarial aprovada e que possam reajustar de acordo com as suas capacidades”, lê-se na mensagem da CTA, enviada à nossa Redacção.

As taxas de reajuste salarial recentemente aprovadas variam de 3,09% para o Subsector de Segurança Privada, que foi a mais baixa, e 7%, no Sector 1, da Agricultura, que foi a mais alta. Em média, a taxa de reajuste salarial foi de 5,4%.

De acordo com o representante do sector privado, estes reajustes mostram o contexto difícil pelo qual passam as empresas, “e constitui um grande esforço para, por um lado, corrigir os efeitos de corrosão do poder de compra dos trabalhadores, e, por outro lado, manter os postos de trabalho”.

A CTA refere, ainda, que o reajuste salarial poderá afectar toda a estrutura salarial das empresas, dada a necessidade de ajustar os salários das posições cimeiras.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos