O País – A verdade como notícia

Cruz Vermelha portuguesa doa 33 toneladas de material médico-cirúrgico

Aterrou, hoje, na Beira, o avião contendo equipamento para a instalação de maternidade na capital de Sofala. Trata-se de um donativo da Cruz Vermelha de Portugal e da organização Médicos do Mundo.

O donativo português é constituído por 33 toneladas de material médico-cirúrgico, incluindo kits de parto e servirá para a montagem de duas maternidades, uma das quais no Centro de Saúde de Macurungo, bairro com sérios problemas de saneamento de meio, e também bastante fustigado pelo ciclone Idai.

O presidente da Cruz vermelha portuguesa disse no aeroporto logo após a sua chegada que numa primeira fase seria montada uma maternidade provisória.

“O povo português, através de donativos, já conseguiu ter um tal montante que permite oferecer a Moçambique a reconstrução por inteiro de uma unidade nova”.

Outra prioridade da missão portuguesa é ajudar a controlar a propagação de doenças, particularmente a cólera que já atingiu mais de 500 pessoas naquela região. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos