O País – A verdade como notícia

Cristiano Ronaldo em grande com hat-trick no triunfo do United frente ao Norwich

Fotos: EPL

Cristiano Ronaldo esteve absolutamente em alto nível depois de ter apontado um hat-trick na vitória do Manchester United sobre o Norwich por 3-2.

Com Dalot e Bruno Fernandes no onze, o craque português fez o gosto ao pé logo à passagem do minuto sete, ao encostar para a baliza depois de um passe de Anthony Elanga.

Aos 32 minutos, CR7 cabeceou certeiro para a baliza após um canto de Alex Telles.

A vencer por 2-0, os red devils permitiram que o Norwich recuperasse no marcador e fizesse o empate depois dos tentos de Kieran Dowell e Teemo Pukki.

Mas, Ronaldo acabou por resolver a contenda com um excelente livre directo, garantindo, assim, a conquista dos três pontos.

O jogador português chegou, assim, aos 15 golos na Premier League e está no terceiro lugar na lista dos melhores marcadores.

A equipa de Manchester, quinta colocada, foi a grande beneficiada da ronda na luta pelo quarto lugar, o último de acesso à Liga dos Campeões, uma vez que o Tottenham, actual detentor dessa posição, perdeu na recepção ao Brighton e o Arsenal, sexto posicionado, foi batido em Southampton, ambos por 1-0.

Os ‘gunners’, que alinharam com os portugueses Cédric Soares e Nuno Tavares no ‘onze’, foram surpreendidos no reduto do 12.º classificado, na sequência do golo marcado por Bednarek, aos 44 minutos, e desperdiçaram a oportunidade de igualarem os ‘spurs’, que tinham jogado horas antes.

Ainda assim, o Arsenal, que tem os mesmos 54 pontos do Manchester United, tem menos um jogo realizado em relação aos dois principais rivais na corrida pelo último posto de acesso à ‘Champions’ e poderá apanhar o Tottenham, que tem 57, e distanciar-se dos ‘red devils’, caso consiga vencê-lo.

No outro encontro da Liga Inglesa, o Watford, 19.º e penúltimo da tabela, ficou um pouco mais próximo da despromoção ao segundo escalão, ao perder por 2-1 na recepção ao Brentford, tranquilo 11.º colocado.

Cristiano Ronaldo: “O 60.º hat-trick na minha carreira é muito mais importante porque nos trouxe os três pontos”

Cristiano Ronaldo teve uma tarde absolutamente de sonho depois do hat-trick apontado no triunfo frente ao Norwich (3-2), o 60.º na sua carreira.

O avançado luso destacou a importância dos três pontos e preferiu valorizar os objectivos colectivos. “Muito satisfeito com esta vitória e por nos colocar no bom caminho na Premier League. Os feitos individuais só valem a pena quando nos ajudam a atingir objectivos como equipa. O 60.º hat-trick na minha carreira é muito mais importante, porque nos trouxe os três pontos”, escreveu na rede social Instagram.

“Muito bem, rapazes, um esforço tremendo de todos. Não vamos desistir, estamos a lutar até ao fim!”, acrescentou CR7.

 

TOTTENHAM PERDE EM CASA COM BRIGHTON

O Tottenham, que vinha de um ciclo de quatro triunfos seguidos no campeonato, produziu uma exibição descolorida no jogo de abertura da 33.ª jornada, punida com o golo marcado pelo avançado internacional belga aos 90 minutos, com um colocado remate rasteiro.

Os ‘spurs’, que contaram com o treinador italiano Antonio Conte no banco de suplentes, depois de se ter recuperado da infecção pelo Coronavírus, mantiveram-se com três pontos de vantagem sobre o Arsenal, que também perdeu na visita ao Southampton, por uma bola sem resposta.

O Tottenham está em posição mais fragilizada na luta pelo quarto lugar, o último que dá acesso à Liga dos Campeões da próxima época, e viu-se aproximar pelo Manchester United que está a três pontos de distância.

O Brighton, que ocupa um tranquilo 10.º lugar, cometeu a proeza de vencer duas vezes na capital inglesa no espaço de uma semana, depois de se ter imposto, precisamente, no reduto do Arsenal, na ronda anterior, por 2-1.

 

GOLO DE IMMOBILE NOS DESCONTOS EVITA DERROTA DA LAZIO NA RECEPÇÃO AO TORINO

A Lazio empatou com o Torino (1-1), graças a um golo do avançado Ciro Immobile, apontado no período de descontos da partida da 33.ª jornada da Liga Italiana de futebol.

No Olímpico de Roma, quando a derrota parecia ser o mais certo, o médio Milinkovic-Savic colocou a bola na cabeça do jogador transalpino, que deu o melhor seguimento, aos 90+2 minutos, em resposta ao tento dos visitantes, anotado por Pietro Pellegri, aos 56 minutos.

A Lazio, que podia ultrapassar, provisoriamente, a rival Roma (quinta, com 57 pontos), e aproximar-se da Juventus (quarta, com 63), tem 56 pontos, os mesmos da Fiorentina (sétima). O Torino é 11.º, com 40.

A Serie A é liderada pelo AC Milan (71 pontos), à frente ao rival Inter, segundo, com 69, e Nápoles, que fecha o pódio, com 66.

Na Allianz Arena, em Turim, o final entre Juventus e Bolonha foi de grande incerteza e com alguma polémica, depois de um primeiro tempo sem golos, que só chegaram após o descanso, quando o ponta de lança austríaco Marko Arnautovic deu o melhor seguimento a um passe de Roberto Soriano, aos 52 minutos.

A resposta da ‘Juve’ surgiu só aos 90+4 minutos, por Dusan Vlahovic, já depois de instalada a discussão. O árbitro do encontro, com recurso ao VAR, assinalou um livre directo a favor da Juventus, mas expulsou Adama Soumaoro, que terá cometido falta sobre Morata, quando este seguia isolado para a baliza, com o chileno Gary Medel a receber também ordem de expulsão, por protestos.

A Fiorentina bateu por 1-0 o aflito Veneza (18.º), no Estádio Artemio Franchi, onde o uruguaio Lucas Torreira, aos 30 minutos, apontou o tento da equipa ‘viola’.

No primeiro jogo do dia, o Cagliari (17.º, com 28 pontos) conseguiu um novo fôlego na fuga à despromoção, ao receber e vencer e Sassuolo (9.º, com 46) por 1-0, fruto do remate certeiro do médio Alessandro Deiola, aos 42 minutos.

Em Udine, os anfitriões não se ressentiram da ausência do avançado e golearam o Empoli (4-1), com um autogolo de Ismajli (06) e outros três tentos de Deulofeu (52), Pussetto (79) e Samardzic (87). Para os visitantes, marcou Pinamonti (70).

A terceira vitória seguida permitiu à Udinese subir ao 11.º posto, com 39 pontos, enquanto o Empoli, sem vencer há 16 jogos, segue no 14.º, com 34.

Já lanterna-vermelha Salernitana contrariou as previsões e foi a Génova bater a Sampdori, por 2-1, com a vantagem a ser construída dentro dos primeiros seis minutos do jogo, face aos golos de Federico Fazio (04) e Ederson Lourenço (06).

Doze jogos depois, o emblema promovido esta temporada à Serie A voltou a vencer, passando a contabilizar 19 pontos, menos três do que os outros aflitos Génova e Veneza. A ‘samp’, que não fez melhor do que reduzir por Francesco Caputo (32), é 16.º, com 29.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos