O País – A verdade como notícia

Crianças vítimas do terrorismo em Cabo Delgado almoçam com primeira-dama

Cerca de mil crianças vítimas do terrorismo em Cabo Delgado almoçaram com a primeira-dama da República, Isaura Nyusi, na cidade de Pemba, no âmbito do natal solidário.

Os beneficiários apresentaram uma mensagem de gratidão, principalmente pelo apoio que têm recebido das pessoas de boa vontade. Os petizes pediram mais protecção e o fim da violência armada, que fez com que abandonassem as suas casas e se separassem das famílias.

“Este natal comemora-se num momento em que na nossa província muitas crianças perderam os seus parentes” e algumas morreram “devido ao terrorismo. Com isso, pedimos a eliminação desses problemas porque queremos brincar livremente e estudar sem medo para prepararmos o nosso futuro e de Moçambique”, disse Maria Aida Titos, durante a leitura da mensagem das crianças deslocadas.

A primeira-dama da República anotou todas as preocupações dos petizes, pediu paciência enquanto se buscam soluções e apelou para que haja esperança de um futuro melhor.

“A condição de deslocados a que estamos expostos não vai durar para sempre. E passageira, pois nenhum mal se sobrepõe ao bem. Este mal vai passar. E quando passar devemos estar preparados para continuar a construir o nosso país, pelo que não entremos em desespero. O importante é cuidarmos da nossa saúde, das nossas crianças, empenharmo-nos nas acções de produção, participarmos activamente nos programas de alfabetização, formação profissional e de ensino e aprendizagem das nossas crianças, para amanhã colhermos os frutos que hoje almejamos”, tranquilizou Isaura Nyusi.

Entretanto, enquanto não for reposta a ordem e tranquilidade nos distritos assolados pelo terrorismo em Cabo Delgado, a primeira-dama da República deixou um apelo aos moçambicanos, especialmente à população da província, no sentido de manter a união pela causa dos deslocados que precisam de apoio de todos.

“Exortamos à população de Cabo Delgado para continuar a ser solidária e mobilizar apoios para as famílias deslocadas, sobretudo para as crianças” que ficaram sem nada “em consequência dos ataques dos terroristas”, apelou a primeira-dama, desejando a todas famílias moçambicanas festas felizes.

Durante o almoço de confraternização, Isaura Nyusi, ofereceu brinquedos e bolas às crianças que participaram no natal solidário, uma iniciativa da primeira-dama da República e na qual anualmente junta grupos considerados vulneráveis com o objectivo de proporcionar festas felizes.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos