O País – A verdade como notícia

Creve Machava cai na primeira série dos 400 metros barreira

O barreirista moçambicano Creve Machava está fora dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Machava ficou em quinto lugar na segunda série dos 400 metros barreiras, realizada esta sexta-feira com o tempo de 50.37 segundos, abaixo dos  49.54 segundos com o quais entrara para as olimpíadas de verão.

Na sua estreia absoluta no maior evento desportivo do planeta, Machava conseguiu apenas superar o seu melhor tempo desta temporada, fixado em e 52.19 segundos.

Jaheel Hyade Jam, da Jamaica, foi o grande vencedor desta prova com o tempo de 48.54 segundos, seguido do americano Kenneth Selmon com 48.61 segundos.

Na terceira e quarta posições ficaram Hiromu Yamauchi (Japão) e Constantin Preis (Alemanha), respectivamente, com os tempos de 49.21 e 49.73 segundos. Estes quatro primeiros classificados qualificaram-se para as meias-finais da prova dos 400 metros barreiras.

O recorde olímpico, nesta especialidade, pertence ao americano Kevin Young com o tempo de 46.78 segundos, fixado a 6 de Agosto de 1992, em Barcelona, na Espanha.

Já o recorde mundial pertence ao norueguês Karsten Nool com a marca de 46.70 segundos, estabelecido a 1 de Julho do corrente ano.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos