O País – A verdade como notícia

Crentes lembram Dom Alexandre como um homem de bem

Foto: O País

O país vai observar, a partir da 00:00h hora de próxima terça-feira, dia 5 de Outubro, luto nacional de três dias por conta da morte do Dom Alexandre dos Santos, Arcebispo Emérito da arquidiocese de Maputo. Crentes da Igreja Católica enaltecem os feitos e a contribuição religiosa e social do cardeal na sociedade moçambicana.

São vários os crentes de diferentes pontos do país que continuam a manifestar o sentimento de pesar, dor e luto pela morte do Arcebispo Emérito da arquidiocese de Maputo. Defendem a necessidade de manutenção do legado de Dom Alexandre dos Santos. Celina Solomone, da Paróquia Nossa Senhora das Vitórias na Cidade de Maputo, descreve o malogrado como um homem que dedicou toda a sua vida para o bem da sociedade. “Foi um homem que quis fazer o bem a toda a gente e fez muitas coisas para a Igreja Católica Apostólica Romana. Quando se reunia com os líderes de outras igrejas, ele tinha sempre algo a dizer para o bem da sociedade”.

Nelson Pereira, da Igreja da Assembleia de Deus Alfa e Ômega, considera que o contributo do cardeal no campo social é inesquecível, tanto que o Governo também reconheceu o seu contributo. “Não é por acaso que o próprio Governo moçambicano concedeu três dias de luto nacional; é por reconhecer os seus méritos na edificação da nação em termos sociais principalmente”.

As cerimónias fúnebres de Dom Alexandre dos Santos terão início no dia 6 de Outubro corrente, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na Cidade de Maputo, com o velório em câmara ardente. O clérigo terá um funeral oficial, a realizar-se no mesmo local, na próxima quinta-feira.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos