O País – A verdade como notícia

COVID-19: Moçambicanos impedidos de viajar para África do Sul, Zimbabwe e Reino de Eswatini

Todos os cidadãos nacionais, com excepção dos camionistas, estão impedidos de viajar para África do Sul, Reino de Eswatini e Zimbabwe como uma das medidas tomadas por estes países para evitar a propagação da COVID-19.

Ainda não há cura para a pandemia COVID-19, mas encerrar fronteiras pode ser uma das medidas para evitar a propagação da doença.

E foi assim que alguns países da África Austral decidiram fechar fronteiras com Moçambique.

A República do Zimbabwe, por exemplo, suspendeu no dia 24 de Março, a entrada de cidadãos estrangeiros não residentes naquele país. Por seu turno, a África do Sul também encerrou as fronteiras por 21 dias e o Reino de Eswatini impede a entrada de moçambicanos a partir do dia 27. As restrições de entrada nesses países não abrangem os camionistas.

Assim, o Serviço Nacional de Migração informa a todos os cidadãos nacionais e estrangeiros não residentes nos países acima mencionados a não se dirigirem aos postos de travessia até informação contrária.

Até às 17 horas desta quinta-feira tinham atravessado o posto de travessia de Ressano Garcia, 7.235 viajantes.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos