O País – A verdade como notícia

COVID-19: 23 pessoas sob vigilância do MISAU por terem mantido contacto com o primeiro infectado

23 pessoas estão sob vigilância do Ministério da Saúde e em quarentena por terem tido contacto com o primeiro caso confirmado de contaminação pelo novo coronavírus. Hoje o MISAU recebeu resultados negativos de exames realizados a nove suspeitos.

Tal como mandam as regras da Organização Mundial da Saúde, as autoridades de Saúde rastrearam todos os contactos mantidos pelo único caso até aqui registado do novo coronavírus no país, encontraram 23 pessoas que mantiveram contacto. Agora todos estão em quarentena obrigatória e sob vigilância médica.

O Instituto Nacional de Saúde (INS) diz que a situação ainda não é alarmante no país, mas já pensa em expandir a capacidade de testagem, para o centro e norte do país, uma vez que recebeu mais 20 mil unidades de testagem, da China.

Para garantir um melhor isolamento por parte dos infectados pela pandemia, o Ministério da Saúde identificou o Centro de Saúde da Polana Caniço para acolher os doentes, um local que reúne condições para manter quem tenha sido infectado e sem colocar em risco os demais.

Numa conferência de imprensa com a Directora Nacional da Saúde, Rosa Marlene, o MISAU reafirmou que até aqui o país tem um caso positivo com COVID-19.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos