O País – A verdade como notícia

COVID-19 volta a matar em Moçambique após cinco dias

Após cinco dias de aparente trégua, o novo Coronavírus voltou a matar. O paciente, que perdeu a vida na província de Gaza, tinha de 34 anos de idade. Com a mais recente morte causada pela pandemia, o cumulativo sobe para 2.192.

Esta quarta-feira, o Ministério da Saúde (MISAU) anunciou a recuperação de 225 pessoas na Cidade de Maputo e nas províncias de Tete e Gaza, elevando o total para 219.863.

Nas últimas 24 horas 15 moçambicanos e dois estrangeiros testaram positivo para o vírus, como resultado de 2.032 testes feitos no período em causa, no qual a taxa de positividade foi de 0.84%.

De acordo com o MISAU, a capital do país foi o local com mais infecções registadas (04), correspondentes a 23.52% do total.

Até hoje, 225.080 foram infectadas pela COVID-19 no país. Desses casos, 224.711 resultaram de transmissão local e 369 foram importados. Actualmente há 3.020 casos activos da doença.

Ainda no período em análise, três pessoas foram internadas, em Maputo, Gaza e Cabo Delgado, e uma teve alta hospitalar. Assim, em todo o país há 21 doentes acamados devido à COVID-19. “Três destes pacientes permanecem sob oxigenoterapia”, referem as autoridades.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos