O País – A verdade como notícia

COVID-19 mata três pessoas em Moçambique

O novo Coronavírus voltou a matar, após dias. Esta sexta-feira, o Ministério da Saúde anunciou a ocorrência de três óbitos, todos declarados ontem, elevando o total para 831.

As vítimas são duas mulheres e um homem, todas de nacionalidade moçambicana, de 63, 65 e 70 anos de idade.

As autoridades sanitárias referem que com as mortes, sobe para 17 o número de óbitos devido à COVID-19 no mês de Maio. O número revela uma redução em 43.4% em relação aos primeiros 21 dias do mês passado, período em que morreram 30 pessoas.

Além das mortes, 24 pessoas foram infectadas nas últimas 24 horas. Todos os novos casos são indivíduos de nacionalidade “ainda por identificar”.

Na cidade de Maputo, foram diagnosticados 13 casos, que correspondem à maioria, seguida pelas províncias de Niassa e tete, com quatro casso cada.

“A taxa de positividade das últimas 24 horas foi de 1.64%, enquanto que a taxa de positividade acumulada é de 13%”, explica a Saúde, num comunicado de imprensa a que “O País” teve acesso.

Deste modo, há um cumulativo de 70.551 infecções, das quais 70.235 resultantes de transmissão local e 316 importadas.

Mais três pessoas foram internadas e nenhum paciente teve alta de quinta para esta sexta-feira, contabilizando 19 doentes hospitalizados.

Há registo de mais 23 casos totalmente recuperados da COVID-19. Todos são individuas de nacionalidade moçambicana.

Assim, existem 68.868 pessoas já livres da COVID-19 e 848 casos activos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos