O País – A verdade como notícia

COVID-19 já matou 4,42 milhões de pessoas em todo o mundo

Foto: Lusa

A pandemia da COVID-19 provocou pelo menos 4.423.173 mortos em todo o mundo, tendo sido registados 8.835 óbitos a nível mundial nas últimas 24 horas, revelou hoje o balanço da France-Presse (AFP).

Desde que o novo Coronavírus (SARS-CoV-2) foi identificado na China em Dezembro de 2019, mais de 211.307.660 casos de infecção foram oficialmente diagnosticados em todo o mundo.

A maioria dos pacientes recupera-se da COVID-19, provocada pelo SARS-CoV-2, mas uma parte destas pessoas ainda relata sentir alguns sintomas associados durante semanas ou até mesmo meses, segundo a agência noticiosa, citada pelo Notícias ao minuto.

Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 563.387 novos casos da doença em todo o mundo.

Os países que registaram mais mortes nas últimas 24 horas foram, de acordo com os respectivos balanços nacionais, a Indonésia com 1.030 óbitos, o México (847) e a Rússia (762).

Os Estados Unidos da América (EUA) continuam a ser o país mais afectado a nível global, tanto em número de mortos, como de casos positivos, com um total de 628.303 mortes entre 37.673.305 casos recenseados, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Depois dos EUA, a lista dos países mais afectados pela crise pandémica em termos globais é composta pelo Brasil (574.209 mortos e 20.556.487 casos), Índia (434.367 mortos e 32.424.234 casos), México (252.927 mortos e 3.217.415 casos) e Peru (197.818 mortos e 2.141.235 casos).

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos