O País – A verdade como notícia

COVID-19: China exige teste negativo feito 12 horas antes da partida a quem chega do estrangeiro

A China anunciou que os passageiros que chegam de vários países, como Moçambique, Angola, Cabo Verde, Portugal e Brasil, terão de apresentar um teste negativo da COVID-19 feito 12 horas antes da partida. Anteriormente, os viajantes estavam sujeitos a apresentar teste de 48 horas.

Algumas cidades chinesas estão, desde a semana passada, a registar um pico de infecções da COVID-19, aumento atribuído à variante Ómicron, o que obrigou o país a impor duras medidas restritivas.

A partir desta segunda-feira, viajantes que pretendem entrar na China devem apresentar teste negativo feito 12 horas antes da partida. A medida abrange Moçambique, Angola, Cabo Verde, incluindo Portugal e Brasil.

Até agora, os passageiros destes países tinham de apresentar à embaixada chinesa dois testes negativos feitos 48 horas antes da partida, em dois laboratórios diferentes.

O teste feito 12 horas antes da partida deve ser apresentado ao pessoal da companhia aérea, no momento do embarque.

Milhões de habitantes em várias regiões da China estão sujeitos a confinamentos, para conter a nova onda de infecções por COVID-19, tal é o caso de Xangai, a maior cidade chinesa, com 25 milhões de habitantes, para conter um surto da doença.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos