O País – A verdade como notícia

COVID-19: África do Sul retoma atribuição do subsídio social

O governo sul-africano vai retomar, este mês, a atribuição do subsídio social, suspenso em Abril passado, para mitigar o impacto da COVID-19 entre a população desempregada. Para o efeito, inicia, esta sexta-feira, a inscrição dos beneficiários.

O Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, anunciou, em Julho passado, a retoma de atribuição do subsídio mensal às pessoas afectadas pela pandemia da COVID-19, no valor de 350 rands, o equivalente a pouco mais de 1.500 meticais.

A canalização deste subsídio em referência havia sido interrompida, em Abril deste ano, por conta do aumento da COVID-19 na vizinha terra do rand.

Os pagamentos reiniciam na última semana de Agosto corrente e deverão decorrer até Março do próximo ano.

Sobre o processo, a ministra do Desenvolvimento Social da África do Sul, Lindiwe Zulu, esclareceu que todas as pessoas elegíveis para receber os 350 rands a cada mês devem inscrever-se novamente.

A governante disse ainda, segundo a News 24, que todos aqueles que já estavam inscritos, desde a suspensão do processo, devem fazer um novo registo.

Para melhor avaliação da elegibilidade dos beneficiários, todos os aplicativos a serem usados durante o processo serão tratados como novos a cada mês.

Ademais, afirmou a ministra sul-africana do Desenvolvimento Social, não haverá pagamentos retroativos para os meses em que o subsídio não existia, de Maio a Julho de 2021.

Lindiwe Zulu explicou também que o subsídio fez parte de uma série de medidas do Governo para apoiar a recuperação da economia, ajudar as pessoas mais carenciadas e as que ficaram vulneráveis ​em resultado das medidas impostas para lidar com a COVID-19.

Zulu falava virtualmente a um jornalista, esta quarta-feira, de acordo com a News 24.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos