O País – A verdade como notícia

Costa do Sol e Maxaquene: quem deixa a Jogabets?

Fotos: O País

Os quartos-de-final da Liga Jogabets da Cidade de Maputo decorrem este final de semana com dois jogos no sábado e outros dois no domingo. Costa do Sol vs Maxaquene é, sem sombras de dúvidas, o jogo de destaque desta fase, que inclui ainda um Matchedje vs Liga Desportiva de Maputo.

O ano é outro, os intervenientes são outros, os campeonatos onde jogam são diferentes, mas os objectivos são os mesmos na prova organizada pela Associação de Futebol da Cidade de Maputo.

São exemplos de duas colectividades que em tempos protagonizaram embates de cortar respiração nas edições passadas dos Campeonatos Nacionais de futebol, nomeadamente o Maxaquene e o Costa do Sol, que defrontam-se este sábado, no campo dos “canarinhos”, para os quartos-de-final da Liga Jogabets.

Vale isto dizer que, apesar das duas equipas terem ambições de chegar à final desta competição, apenas uma vai passar, pelo menos, até às meias-finais.

A esta altura o Costa do Sol é a equipa mais esclarecida e com as melhores possibilidades de ultrapassar o seu adversário neste jogo, uma vez que conta com uma estrutura bem mais robusta se comparada com a dos “tricolores”.

Os “canarinhos” dispõem das melhores unidades em campo, que incluem estrangeiros que vêm reforçar o ataque, até aqui quase entregue somente a Telinho, melhor marcador da equipa. Já os Maxacas, que depois de terem sido despromovidos do Moçambola em 2019 foram perdendo os seus melhores jogadores, até porque em 2020 e 2021 não teve competições, terá que recorrer dos novos jogadores que procuram despontar e, por isso, vão fazer “vida negra” ao seu adversário.

É certo que em termos de confrontos directos os “tricolores” têm larga vantagem sobre os “canarinhos”, pelo menos até à última vez que se defrontaram para o Moçambola, a 31 de Agosto de 2019. Em 20 jogos, o Maxaquene tinha um saldo de nove vitórias, contra quatro vitórias do Costa do Sol, adicionados a sete empates.

Mas a história agora é outra e o Costa do Sol está melhor apetrechado e mais próximo de chegar a final, até porque é forte candidato a conquistar a prova.

O jogo terá lugar no sábado, no Matchiki Tchiki, quando forem 16h00.

 

“TOUROS” NUM FRENTE-A-FRENTE COM “POLÍCIAS”

A anteceder o embate entre Costa do Sol e Maxaquene, haverá um dos jogos mais desequilibrados desta fase da prova. Black Bulls mede forças com Águias Especiais, num jogo com “favorito assumido”.

Os “touros”, que terminaram a fase regular com mais golos que os restantes clubes, nomeadamente 32 apontados e apenas três sofridos, são claros favoritos, não só a vencerem este e com números gordos, tal como vêm fazendo com os seus adversários, mas também para a conquista do troféu.

Basta olhar para as goleadas impostas ao Desportivo e Matchedje, ambas pelo mesmo resultado de 6-1, ao Ferroviário das Mahotas (6-0) e 1º de Maio (8-0), para perceber o pendor ofensivo e a vontade dos seus atacantes em marcar golos. Apenas o Maxaquene (que perdeu por 2-0) e o Vulcano (que perdeu por 3-0) é que não “apanharam” por mais golos.

A invencibilidade dos “touros” só foi beliscada pelo empate diante do Ferroviário de Maputo, únicas equipas que perderam apenas dois pontos na fase regular.

 

OUTROS DOIS JOGOS NO DOMINGO

No domingo, mais dois jogos para fechar a disputa dos quartos-de-final, mas desta feita no Estádio da Machava. O primeiro embate vai opor o Ferroviário de Maputo ao Mahafil, num jogo em que os “locomotivas” da capital, que a par da Black Bulls e Costa do Sol são favoritos à conquista do troféu, são claros candidatos a passarem.

É que, depois de passar por adversários menos cotados como Vulcano, Ferroviário das Mahotas, 1º de Maio e Matchedje, mas também por dois colossos, nomeadamente Desportivo e Maxaquene, prevê-se com ou menos dificuldades, os treinados de Jean Losciuto saiam com a vitória e a passagem às meias-finais.

Para fechar estes quartos-de-final haverá um não menos importante embate entre Matchedje e Liga Desportiva de Maputo. Os “militares” mostram em campo diante dos colossos do futebol nacional que têm ambições claras de provar o seu valor. Que o digam o Maxaquene e o Desportivo que perderam pelo mesmo resultado de 2-0 diante deste adversário.

Já a Liga Desportiva de Maputo, que parece estar menos pressionado que as restantes equipas do escalão principal do futebol moçambicano que disputam esta competição, nomeadamente Ferroviário de Maputo, Costa do Sol e Black Bulls, vão fazendo o seu campeonato e a procura de surpreender todos e levar para os seus cofres o valor de 500 mil Meticais colocado a prémio pela patrocinadora da prova, a Jogabets.

Os quartos-de-final decorrem este final de semana e as meias-finais na próxima semana.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos