O País – A verdade como notícia

Costa do Sol defronta Ferroviário de Maputo “B” no Desportivo

É o jogo mais apetecível desta terça-feira. Na primeira volta os canarinhos venceram mas acabou por ser um desafio bastante equilibrado.

Actualmente, depois do Ferroviário de Maputo “A”, parece justo que se diga que o Costa do Sol é a segunda maior equipa e nela recaem responsabilidades acrescidas.

A formação de Miguel Guambe tem obrigatoriedade de justificar o investimento e estará interessado em destronar os actuais campeões nacionais e da cidade, os “Locomotivas”.

Até aqui, o Costa do Sol perdeu para o Ferroviário de Maputo “A” e, muito recentemente, para a A Politécnica.

Teoricamente, estes são os dois adversários directos do Costa do Sol, pese embora a equipa também tenha sentido dificuldades para superar o Maxaquene, naquele que foi o primeiro jogo entre ambos na edição deste ano.

Diante de adversários relativamente acessíveis, Miguel Guambe tem optado por descansar algumas das suas figuras fulcrais.

Já na última sexta-feira, diante do Matolinhas, o base Nilton Seifane não alinhou por opção técnica e pode ser interpretado como gestão do plantel, numa altura em que “caminha-se” para a fase decisiva da competição.

Já o Ferroviário de Maputo B não se pode “gabar” tanto, até porque o que mais consegue fazer diante dos grandes, é arrancar boas exibições mas que não passam disso. A equipa aguenta a dinâmica do jogo até determinada fase, regra geral, as primeiras partes dos jogos, mas cai de rendimento nas segundas etapas.

Esta formação vale mais pelo conjunto e em momentos de aflição, há um jogador que se tem evidenciado e chama-se… Titos Fernando.

O base é de uma estatura relativamente baixa se comparado com os outros jogadores  que actuam na mesma posição, no entanto, tem se revelado, também, um optimo lançador.

Não raras vezes puxou pela equipa, alias, de forma constante tem sido o “cestinha” dos jogos desta formação.

A este, se junta Dércio Uamusse. Extremo “tímido”, sobretudo nos instantes iniciais dos jogos (presença assídua no cinco inicial) mas quando se solta, é um verdadeiro perigo para os adversários.

Costa do Sol e Ferroviário de Maputo B jogam a partir das 18h15 minutos no pavilhão do Desportivo de Maputo.

Entretanto, no mesmo palco e a partir das 20h, defrontam-se o Desportivo Maputo e Matolinhas.

Na catedral do basquetebol, pavilhão do Maxaquene, defrontam-se a partir das 18h15 minutos a Universidade Pedagógica e o Ferroviário de Maputo A.

Os “locomotivas”, que ainda não perderam nesta Engen Maputo Basket, parte claramente como favoritos a vencer o embate. Este jogo será transmitido na Stv Noticias.

Ainda na catedral, jogam Maxaquene e Atlético quando forem 20h.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos