O País – A verdade como notícia

“Corrupção e partidarização do Estado minam o bem-estar dos moçambicanos”

Numa teleconferência a partir da Serra da Gorongosa, o presidente da Renamo, Ossufo Momade afirmou que os 44 anos da Independência Nacional, que se assinalam amanhã, estão a ser marcados por eventos que não ajudam os moçambicanos. 

Na ocasião,  Momade disse que “o país continua a ser imposto uma governação precária caracterizada pela corrupção, partidarização do Estado, agravamento do custo de vida, baixa qualidade do ensino, assistência médica e medicamentosa desumana, falta de infra-estruturas. No lugar da deliberação da guerra, continuamos a ser referência no mundo pelas piores causas como a corrupção e má governação". 

O presidente da Renamo disse que estes e outros males continuam a minar o bem-estar da população moçambicana. No capítulo da estabilidade, Momade reiterou o compromisso de buscar a paz e reconciliação nacional.

Ossufo Momade lançou duras críticas contra aqueles que fazem de tudo para desacreditar a sua liderança na Renamo.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos