O País – A verdade como notícia

Coronavírus mata seis pessoas e infecta 951 em Moçambique

Mais 951 indivíduos testaram positivo à COVID-19, dos quais a maior parte em Sofala, revelou o Ministério da Saúde, esta quarta-feira. A instituição anunciou ainda seis óbitos, ocorridos nos dias 9 e 10 de Fevereiro em curso.

Das 951 pessoas com Coronavírus, 269 são da província de Sofala, que conta com 1.771 activos e 14 mortos. Na cidade de Maputo, os caso também não param de aumentar. Ontem houve mais 251.

“Assim, o nosso país tem cumulativamente 46.736 casos positivos registados, dos quais 46.420 de transmissão local e 316 importados”, refere uma nota do Ministério da Saúde.

Em relação às seis mortes, cinco aconteceram na capital moçambicana e uma na província de Maputo. Cumulativamente, Moçambique soma 486 óbitos desde a eclosão da doença em Março.

Um total de 17.851 pessoas ainda têm o vírus no organismo. O grosso, 9.741, está na cidade de Maputo, seguida pela província com o mesmo nome, com 2.619. o menor número de casos activos está na Zambézia (136). Desde o surto do novo Coronavírus, a província registou um total de 2.591 infecções e nove mortes.

De terça para quarta-feira, houve 32 novos internamentos e 26 altas hospitalares. “No país existe, até o momento, um cumulativo de 2.079 pacientes internados, dos quais 311 estão actualmente nos centros de internamento” e em algumas unidades sanitárias. A maior parte destes pacientes, 81%, encontra-se na cidade de Maputo.

O Ministério da Saúde anunciou ainda que mais 581 pessoas estão “totalmente recuperadas da COVID-19”. Destes pacientes, um é de nacionalidade estrangeiro.

“Actualmente, 28.395 (60.8%) indivíduos previamente infectados pelo novo Coronavírus estão totalmente recuperados da doença”, disse a Saúde, em nota a que “O País” teve acesso.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos