O País – A verdade como notícia

Coronavírus mata de novo, infecta e leva à hospitalização de mais 32 pessoas em Moçambique

 O novo Coronavírus tirou a vida a mais 17 pessoas na cidade e província de Maputo, oito das quais na segunda-feira, revelou o Ministério da Saúde. Agora, o país tem 403 óbitos. Destes, 322 aconteceram na capital do país, onde o vírus parece ser mais difícil de controlar a sua propagação.

As idades das vítimas variam de 42 e 83 anos. Trinta e dois doentes foram hospitalizados de segunda para esta terça-feira. Mas outros 35 receberam alta médica e regressaram ao convívio familiar.

Neste momento, há 307 enfermos acamados nos centros de internamento para quem padece da COVID-19 e em algumas unidades sanitárias. O grosso, 68.4%, encontra-se na cidade de Maputo, epicentro da epidemia.

Desde que a doença foi detectada pela primeira vez em Moçambique, a 22 de Março do ano passado, 1.768 pacientes já foram internados, cumulativamente.

Nas últimas 24 horas, mais 800 indivíduos testaram positivo para o novo Coronavírus, 785 dos quais moçambicanos, cinco estrangeiros e 10 indivíduos de nacionalidades ainda por apurar. A cidade de Maputo registou maior número, 432, seguida pela província de Manica.

Ao todo, Moçambique tem 40.260 casos positivos registados, desde 22 de Março, dos quais 39.944 são de transmissão local e 316 importados.

A boa nova é que mais 417 pacientes recuperaram da COVID-19 e o total atingiu 25.010. Este número corresponde a 62.1% de todos os indivíduos infectados (40.260).

Segundo dados actualizados esta terça-feira, existem 14.843 casos activos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos