O País – A verdade como notícia

Coronavírus está a matar e infectar mais este Janeiro em Moçambique

Houve mais quatro mortes por COVID-19, esta quarta-feira e ontem, na cidade de Maputo. Deste modo, Janeiro entra para os anais no país, uma vez que só nos primeiros 13 dias já morreram 39 pessoas. Igual número de óbitos foi registado em todo Novembro passado, suplantando Setembro e Dezembro, com 38 e 35 mortos respectivamente.

Cálculos à parte! Segundo o Ministério da Saúde, as vítimas registadas esta terça e quarta-feira, de ambos sexos, tinham 39, 55, 62 e 72 anos de idade. O agravamento do Estado de saúde dos enfermos, durante o período de hospitalização, é apontado como a causa que levou à morte.

O total de obitos por causa da COVID-19 em Moçambique atingiu 205, dos quais 166 apenas na cidade de Maputo. As outras províncias registam menos de 10 mortes, excepto no Niassa, onde ninguém morreu desde a eclosão da doença.

Hoje, a instituição anunciou igualmente mais 730 infecções. Este é o segundo maior número diário dos casos já detectados no país, depois de 879 no último sábado.

Como de costume, a cidade de Maputo voltou a ter maior número de infeções (311), seguida pela província de Maputo (185).

Das 730 pessoas que testaram positivo ao Coronavírus, 42 são crianças com menos de cinco anos de idade e 55 têm idades que variam de cinco a 14 anos.

De acordo com uma nota do Ministério da Saúde, 128 indivíduos, com idades que variam de 15 e 24 anos, também estão infectados. Na mesma situação encontram-se outros 154 pacientes de 25 a 34 anos.

Na faixa etária entre 35 e 44 anos, as autoridades de saúde detectaram também 128 casos. Há 18 cidadãos cujas idades ainda são desconhecidas.

Cumulativamente, há 23.726 casos positivos, dos quais 22.410 de transmissão local e 316 importados.

O país tem neste momento 140 doentes hospitalizados devido à COVID-19, num total de 1.034 desde 22 de Março, altura em que foi anunciado o primeiro paciente com a doença em Moçambique.

Dos enfermos que lutam pela vida, 10 foram internados nas últimas 24 horas. Aliás, mais de 100 doentes foram internados de 1 a 13 de Janeiro corrente.

Relativamente às altas médicas, 112 doentes acabam de ser permitidos abandonar o hospital porque já não estão infectados pela COVID-19.

Actualmente, 18.282 indivíduos estão livres da doença. Este número representa 77% do total de infectados (23.726).

Neste momento, há 5.235 casos activos da COVID-19 no país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos